LUGARES QUE MIGRAM – AS IMAGENS DO MUNDO VIVIDO PELOS ASSENTADOS DO CANOAS-AM / Places that migrate – The images of the world lived by the Canoas seated - AM.

  • Diane Maria Oliveira Sacramenta UFAM
  • Amélia Regina Batista Nogueira UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS

Resumo

O Canoas apresenta-se como Comunidade e Assentamento rural. Sua dinâmica pode se melhor compreendida considerando duas etapas, antes e após a chegada do Projeto de Assentamento (P.A.). Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi descrever e compreender como os migrantes assentados representam suas vivências e os lugares de seus trajetos, bem como o Canoas, criando com ele uma relação de identidade. Participaram da pesquisa dez colaboradores adultos, não naturais da região norte, devido às experiências adquiridas na migração, e três dos antigos habitantes do lugar, demonstrando a percepção sobre a chegada desses novos sujeitos. Os mapas mentais e a história oral nos auxiliaram no acesso ao mundo vivido de cada indivíduo. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, na perspectiva fenomenológica da Geografia. Portanto, esta pesquisa contribui na compreensão da (re) construção do lugar nas multidimensionalidades do vivido, bem como, da relação de identidade existente, ou não, pois é a partir da manifestação das relações estabelecidas que o mesmo acontece.

Publicado
2018-07-06
Como Citar
Sacramenta, D. M. O., & Nogueira, A. R. B. (2018). LUGARES QUE MIGRAM – AS IMAGENS DO MUNDO VIVIDO PELOS ASSENTADOS DO CANOAS-AM / Places that migrate – The images of the world lived by the Canoas seated - AM. REVISTA GEONORTE, 9(31), 116-136. https://doi.org/10.21170/geonorte.2018.V.9.N.31.116.136