O CULTIVO DA CANA-DE-AÇÚCAR (Saccharum officinarum L.) ASSOCIADO A PROCESSOS GEOMORFOLÓGICOS: O CASO DO PROJETO ALCOOBRÁS, CAPIXABA - ACRE

Autores

  • N.L. Souza
  • W.L. Santos
  • F.O. Arcos
  • F.I.C Nascimento

Palavras-chave:

Impactos ambientais, Uso da terra, Geomorfologia aplicada

Resumo

Este trabalho objetiva identificar, monitorar e analisar perdas erosivas em área experimental sob cultivo de cana-de-açúcar e pastagem no Projeto de Assentamento Alcoobrás, localizado na rodovia BR-317, Km 59, utilizando-se parcelas experimentais e monitoramento com pinos de erosão. Os resultados demonstraram maiores perdas na parcela sob pastagem, embora esta tenha apresentado maiores níveis de compactação do solo. Os tufos da cana-de-açúcar podem ter impedido maiores perdas naquela parcela.

Downloads

Publicado

2014-12-17

Como Citar

Souza, N., Santos, W., Arcos, F., & Nascimento, F. (2014). O CULTIVO DA CANA-DE-AÇÚCAR (Saccharum officinarum L.) ASSOCIADO A PROCESSOS GEOMORFOLÓGICOS: O CASO DO PROJETO ALCOOBRÁS, CAPIXABA - ACRE. REVISTA GEONORTE, 5(14), 199–203. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1302

Artigos Semelhantes

<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.