MEIO FÍSICO E AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DECORRENTES DA CONSTRUÇÃO DA RODOVIA GO-132 NO MUNICÍPIO DE MINAÇU, GOIÁS.

  • F.R. Costa
  • R.C. Melo
  • R.C. Melo
  • J.C. Souza
  • J.C. Souza
Palavras-chave: Paisagem alterada, Impactos no meio físico, Rodovia GO-132

Resumo

O objetivo deste trabalho é apresentar uma avaliação dos impactos no meio físico decorrentes do processo de construção da rodovia GO-132. O corte em taludes, a retirada de material em áreas de empréstimo, os aterros, as canalizações e os desmatamentos são as principais causas dos processos erosivos (ravinas), movimentos de massa (escorregamentos e queda de blocos) e assoreamento dos cursos d’água identificados na área de influencia direta da rodovia.
Publicado
2014-12-17
Como Citar
Costa, F., Melo, R., Melo, R., Souza, J., & Souza, J. (2014). MEIO FÍSICO E AVALIAÇÃO DOS IMPACTOS DECORRENTES DA CONSTRUÇÃO DA RODOVIA GO-132 NO MUNICÍPIO DE MINAÇU, GOIÁS. REVISTA GEONORTE, 5(14), 177 - 182. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1298