COMPREENDENDO OS PADRÕES DA NATUREZA: PRÁTICAS DE PERMACULTURA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UMA ESCOLA RURAL

  • Tiago Rossi de Moraes
  • Greice Kelly Perske da Silva
  • Adriano Severo Figueiró
Palavras-chave: Permacultura, Educação Ambiental, sustentabilidade

Resumo

Neste cenário de crises em diferentes dimensões, a Geografia se torna um poderoso instrumento para areconstrução da relação sociedade e natureza, pois a ciência geográfica é engajada em refletir aatuação do ser social junto ao ambiente natural. Dentro desse contexto, a Permacultura, ainda poucodiscutida dentro da ciência geográfica, surge como uma proposta na busca de alternativas aodistanciamento da natureza promovido pelo pensamento da modernidade. Portanto, o objetivo destetrabalho foi (re)conhecer e aplicar os princípios de Permacultura nas atividades escolares, integrandopráticas de Educação Ambiental com estudantes do 6º ano do Ensino Fundamental da EscolaMunicipal de Ensino Fundamental Bernardino Fernandes, localizada no Distrito de Pains, SantaMaria, RS. As práticas permaculturais repercutem positivamente na formação de valores das geraçõesfuturas, e a forma de aprendizagem aplicada neste trabalho, numa harmonia de conceitos, valores eprincípios, possibilitou partir do discurso à ação, fazendo a união de duas abordagens daprodução/apropriação do conhecimento. Com as atividades práticas, aliadas à teoria, foi possíveldespertar nos participantes o interesse por um modo de vida que não se baseie no individualismo,consumismo e competitividade.
Publicado
2012-11-16
Como Citar
Moraes, T. R. de, Perske da Silva, G. K., & Severo Figueiró, A. (2012). COMPREENDENDO OS PADRÕES DA NATUREZA: PRÁTICAS DE PERMACULTURA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UMA ESCOLA RURAL. REVISTA GEONORTE, 3(6), 59 - 70. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1925