VARIAÇÃO ESPACIAL DO INTEMPERISMO COMO SUBSÍDIO AO ESTUDO DA DENUDAÇÃO NO MÉDIO VALE DO RIO PARAÍBA DO SUL – RJ

  • A.R. Melos,
  • S.F. Beserra,
  • J.C. Mendes,
  • A.L. Coelho Netto,
Palavras-chave: Geomorfologia

Resumo

A variação de formas encontradas no médio vale do rio Paraíba do Sul indicam variabilidade quanto à natureza e intensidade dos processos de denudação. Busca-se explicar estas diferenças a partir da investigação granulométrica e química dos produtos de intemperismo. Os resultados apontam que os processos mecânicos são mais atuantes na sub-bacia do rio Pedras, sendo comparável a bacia do rio Bananal, enquanto que na sub-bacia do rio Turvo os processos químicos são dominantes em sua evolução.
Publicado
2014-01-07
Como Citar
Melos, A., Beserra, S., Mendes, J., & Coelho Netto, A. (2014). VARIAÇÃO ESPACIAL DO INTEMPERISMO COMO SUBSÍDIO AO ESTUDO DA DENUDAÇÃO NO MÉDIO VALE DO RIO PARAÍBA DO SUL – RJ. REVISTA GEONORTE, 5(17), 117 - 122. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1429