Por um ensino interativo: a construção de um atlas digital

  • Leonardo Pinto dos Santos Professor da Rede Estadual do Rio Grande do Sul Doutorando em Geografia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Gilda Maria Cabral Benaduce Professora da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Doutora em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP
Palavras-chave: Geomorfologia

Resumo

O presente trabalho visa atender duas finalidades: um recurso didático que facilite o aprendizado dos educandos e despertar na população soturnense sentimentos que elevem sua autoestima pelo lugar que habitam, levando-os a um sentimento maior de cuidado com a rica história local e com o seu meio ambiente. Com isso, o Atlas digital do município de Faxinal do Soturno se torna uma ferramenta no contexto educacional, servindo como forma de valorização da história e das potencialidades da região, elevando a percepção do espaço geográfico pelos educandos e pela população em geral. A confecção de um material didático próprio para a região possibilita a construção de conhecimentos mais significativos para os discentes que, se identificam com o que é comum a seu cotidiano. Além de atender a demanda de materiais cartográficos dentro da sala de aula que abordem primeiro o município em estudo, para depois abranger outras escalas. A escolha pelo estudo do município de Faxinal do Soturno se dá porque esse município demonstra um papel de centralidade dentro da região da Quarta Colônia de Imigração Italiana no Rio Grande do Sul.

Biografia do Autor

Leonardo Pinto dos Santos, Professor da Rede Estadual do Rio Grande do Sul Doutorando em Geografia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Professor da Rede Estadual do Rio Grande do SulDoutorando em Geografia pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Gilda Maria Cabral Benaduce, Professora da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Doutora em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP
Professora da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)Doutora em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio deMesquita Filho, UNESP
Publicado
2016-01-06
Como Citar
Pinto dos Santos, L., & Benaduce, G. M. C. (2016). Por um ensino interativo: a construção de um atlas digital. REVISTA GEONORTE, 6(24), 22 - 40. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1348
Seção
Artigos