COMPARAÇÃO DA CONDUTIVIDADE HIDRÁULICA NA ZONA DE RAÍZES ENTRE DOIS FRAGMENTOS DE FLORESTAS SECUNDÁRIAS DE MONTANHA EM NOVA FRIBURGO/RJ

Autores

  • J.S. Fraga
  • A.L. Coelho Netto
  • A.M. Sato

Palavras-chave:

florestas secundárias, condutividade hidráulica, zona de raízes

Resumo

Na tentativa de melhor compreender o papel da cobertura florestal no controle de movimentos de massa, este estudo objetivou a comparação do comportamento hidrológico de duas encostas florestadas de diferentes idades no município de Nova Friburgo/RJ. Os resultados indicaram diferenças na estrutura florestal, assim como na densidade e comprimento total de raízes grossas, propriedades físicas dos solos e na condutividade hidráulica saturada no metro superior do solo.

Biografia do Autor

J.S. Fraga

UFAM

Downloads

Publicado

2014-12-17

Como Citar

Fraga, J., Coelho Netto, A., & Sato, A. (2014). COMPARAÇÃO DA CONDUTIVIDADE HIDRÁULICA NA ZONA DE RAÍZES ENTRE DOIS FRAGMENTOS DE FLORESTAS SECUNDÁRIAS DE MONTANHA EM NOVA FRIBURGO/RJ. REVISTA GEONORTE, 5(14), 48–53. Recuperado de //periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1275

Artigos Semelhantes

<< < 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.