As Práticas de Endomarketing e a Percepção dos Funcionários de Uma Empresa do Ramo Varejista de Móveis e Eletrodomésticos de Manaus

  • Fernanda Barbosa Rodrigues UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS - UFAM
  • Armando Araújo de Souza Júnior Universidade Federal do Amazonas - UFAM
Palavras-chave: Endomarketing. Comunicação Interna. Engajamento.

Resumo

Este artigo apresenta um estudo sobre o impacto das políticas de endomarketing sobre o engajamento de funcionários. O objetivo geral do artigo foi avaliar a influência das práticas de endomarketing sob a ótica dos colaboradores de uma empresa do ramo varejista de móveis e eletrodomésticos na cidade de Manaus. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de natureza qualitativa cujo os dados foram coletados a partir de entrevista com roteiro semiestruturado junto a 5 funcionários que atuam em duas lojas situadas em shoppings da cidade de Manaus. A técnica utilizada para interpretação dos discursos dos indivíduos foi a análise de conteúdo. Os resultados demonstram que a empresa utiliza a comunicação interna como principal estratégia de endomarketing, realizando reuniões periódicas com a equipe de trabalho e disponibilizando diversas ferramentas conectadas à internet com atualização em tempo real. Também foi possível verificar que os funcionários têm seus ofícios diretamente impactados pelo uso das ferramentas, bem como há perceptível melhora no clima organizacional do ambiente de trabalho, causada pela facilitação e incentivo a comunicação frequente entre os colaboradores. As práticas de endomarketing analisadas neste estudo poderão servir como referências para novos aprofundamentos no âmbito da comunicação interna e engajamento de funcionários.

 

Biografia do Autor

Fernanda Barbosa Rodrigues, UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS - UFAM

Graduanda em Administração da Faculdade de Estudos Sociais - FES da Universidade Federald o Amazonas - UFAM

Referências

Angeloni, M. T. (2010). Comunicação nas organizações da era do conhecimento. São Paulo: Atlas.

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.

Barros, A. J. P. & Lehfeld, N. A. S. (2014). Projeto de Pesquisa: Propostas Metodológicas. 23º ed. Rio de Janeiro: Vozes.

Barth, M. & Negri, A. (2012). Endomarketing: o desafio de fidelizar o cliente interno. Revista Temática, Ano VIII, n. 1, p. 1-22.

Bekin, S. F. (1995). Conversando sobre endomarketing. São Paulo: Maron Books.

Brum, A. M. (2010). Endomarketing de A a Z: como alinhar o pensamento das pessoas a estratégia da empresa. São Paulo: Integrare Editora.

Câmara, R. H. (2013). Análise de conteúdo: da teoria à prática em pesquisas sociais aplicadas às organizações. Revista Interinstitucional de Psicologia, v. 6, n. 2, p. 179-191.

Chaves, E. P. S., França, A. V. S. & Carvalho, K. A. P. (2013). O endomarketing alinhado as estratégias de reconhecimento e valorização do capital humano nas organizações: uma análise bibliográfica. Revista de Administração e Negócios da Amazônia, v. 5, n. 1, p. 103-121.

Cobra, M. (2011). Administração de Marketing. 2 ed. São Paulo: Editora Atlas.

Duarte, R. A. (2014). Pesquisa sobre os diferenciais encontrados nos colaboradores de uma empresa que se utiliza das ferramentas do endomarketing. Universidade do Extremo Sul Catarinense.

Feitosa, Á. M. V., Santos, D. M. L. & Almeida, Y. T. M. (2016). O Endomarketing Como Estratégia De Gestão E Crescimento Organizacional. Revista CESMAQ, v. 1, n. 1, p. 1-14.

HONORATO, G. (2004). Conhecendo o marketing. Barueri, SP: Manole.

José, B. L. C. S. & Rosa, A. T. R. O. (2012). O endomarketing como ferramenta estratégica de gestão. Revista de Ciências Gerenciais, v. 16, n. 24, 145-159.

Kotler, P. & Keller, K. L. (2006). Administração de marketing. 12. ed. São Paulo: Pearson PrenticeHall.

Kruger, J. M., Santos, A. P., Torres, E. M., Lima, I. S. & Martins, S. R. M. (2016). A importância da elaboração do plano de marketing: estudo de campo ao nível de empresas no município de Manacapuru – AM. Congresso Internacional de Administração, Natal – RN.

Las Casas, A. L. (2009). Marketing: conceitos, exercícios, casos. 8 ed. São Paulo: Atlas.

Matias-Pereira, J. (2012). Manual de Metodologia da Pesquisa Científica. 3º ed. São Paulo: Atlas.

Matos, G. G. (2009). Comunicação empresarial sem complicação: como facilitar a comunicação na empresa, pela via da cultura e diálogo. 2º ed. Revisada e ampliada. Barueri, SP: Manole.

Marchiori, M. (2008). Cultura e comunicação organizacional: um olhar estratégico sobre a organização. 2º ed. Revisada e ampliada. São Caetano, SP: Difusão Editora.

Marconi, M. A. & Lakatos, E. M. (2017). Fundamentos de Metodologia Científica. 8º ed. São Paulo: Atlas.

Mendes, R. S. A. D. (2004). Endomarketing como ferramenta de comunicação com o público interno. Universidade Federal de Juiz de Fora.

Miguel, F. V. C. (2010). A entrevista como instrumento para investigação em pesquisas qualitativas no campo da linguística aplicada. Revista Odisseia - UFRN, n. 5, p. 1-11.

Mocelin, D. G. (2011). Redução da Jornada de Trabalho e Qualidade dos Empregos: Entre o Discurso, a Teoria e a Realidade. Revista de Sociologia e Política, v. 19, n. 38, p. 101-119.

Ogden, J. R. & Crescitelli, E. (2007). Comunicação integrada de marketing: conceitos, técnicas e práticas. Tradução Cristina Bacellar. 2º ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Oliveira, D., Carvalho, R. J. & Rosa, A. C. M. (2012). Clima Organizacional: Fator de Satisfação no Trabalho e Resultados Eficazes na Organização. IX Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, Rio de Janeiro, RJ.

Pádua, E. M. M. (2016). Metodologia da Pesquisa: Abordagem Teórico-prática. 18º ed. Campinas: Papirus.

Pasquini, N. C. (2015). Endomarketing, Ferramenta que Estimula Produção e Motivação: estudo de caso. Revista Gestão, Inovação e Negócios, v.1, n. 1, p. 98-112.

Pimenta, M. A. (2004). Comunicação Empresarial: conceitos e técnicas para administradores. Campinas, SP. Editora Alínea.

Pinho, J. B. (2012). Comunicação em Marketing: Princípios da comunicação mercadológica. 11ª ed. Campinas, SP: Papirus.

Raquel, I. (2016). Planejamento Estratégico com foco em endomarketing: o caso da Alvogeo Topografia Ltda. Universidade Federal de Santa Catarina.

Reis, T. A., Brugnerotto, T. R., Sevilha, I. C., Cremonesi, G. O. G. & Oswaldo, Y. C. (2018). Endomarketing, liderança e comunicação: reflexos na organização. Revista Brasileira de Marketing, v. 17, n. 1, p. 128-138.

Rodrigues, I. G. S. (2017). A importância das ações de endomarketing para a valorização do capital humano e o crescimento das organizações. Revista Campo do Saber, v. 3, n. 2, p. 67-84.

Santos, J. A. & Filho, D. P. (2017). Metodologia científica. 2º ed. São Paulo: Cengage Learning.

Santos, D. M. L., Almeida, Y. T. M. A. & Feitosa, Á. M. V. F. (2016). O endomarketing como estratégia de gestão e crescimento organizacional. Revista CESMAC, p. 1-14.

Seitz, H. M. (2005). O planejamento estratégico de marketing e o plano de negócios. Revista Eletrônica de Gestão de Negócios, v. 1, n. 3, p. 91-126.

Silva, C. H. G., Neto, J. T. A. & Motta, E. F. R. O. (2017). Endomarketing: ferramenta essencial para o desenvolvimento organizacional. Publicado em Agosto de 2017, acessado em 19 de Março de 2019. Disponível em endomarketing-ferramenta-essencial-para-o-desenvolvimento-organizacional/106429/>

Silveira, B. O. & Felizola, M. P. M. (2009). O diálogo como necessidade da comunicação organizacional e uma análise da organização sergipana Semear. XXXII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, Curitiba, PR.

Shoji, S., Souza, N. V. D. O., Farias, S. N. P., Vieira, M. L. C. & Progianti, J. M. (2016). Proposta de melhoria das condições de trabalho em uma unidade ambulatorial: perspectiva da enfermagem. Escola Anna Nery, v. 20, n. 2, p. 303-309.
Publicado
2020-06-15
Como Citar
Rodrigues, F. B., & Souza Júnior, A. A. de. (2020). As Práticas de Endomarketing e a Percepção dos Funcionários de Uma Empresa do Ramo Varejista de Móveis e Eletrodomésticos de Manaus. UFAM Business Review - UFAMBR, 2(2), 1-19. https://doi.org/10.47357/ufambr.v2i2.5689
Seção
Artigos