RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA: RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE A PRÁTICA DOCENTE EM UMA ESCOLA PÚBLICA ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE COARI, AMAZONAS

Autores

  • Cristiana Nunes Rodrigues Universidade Federal do Amazonas - Instituto de Saúde e Biotecnologia (UFAM/ISB)
  • Alessandra Souza de Almeida Universidade Federal do Amazonas - Instituto de Saúde e Biotecnologia (UFAM/ISB)
  • Klenicy Kazumy de Lima Yamaguchi Universidade Federal do Amazonas - Instituto de Saúde e Biotecnologia (UFAM/ISB)

Palavras-chave:

Formação docente, Aprendizado, Regências

Resumo

Introdução: Um dos momentos mais importantes na formação inicial dos estudantes de licenciaturas é o contato com a escola. Uma importante parte integradora do currículo que o programa residência pedagógica vem possibilitando ao residente adquirir, é a relação de sua experiência no ambiente escolar, sendo uma das etapas para a formação inicial do licenciando, conduzindo-o a uma série de fatores importantes para a sua vida profissional, proporcionando a exteriorização do aprendizado acadêmico fora dos limites das universidades. Objetivo: Apresentar as vivências do Programa Residência Pedagógica/Química, do curso de Licenciatura em Ciências Biologia e Química da Universidade Federal do Amazona (UFAM), em uma escola pública estadual na cidade de Coari, Amazonas, Brasil. Método: A princípio foram realizados cronograma e planejamentos de execução das aulas junto com preceptor e coordenadora do programa, foram realizadas 440 horas de atividades exigidas pelo programa sendo 100 horas de regências obrigatórias e as demais divididas em observação em sala, caracterização da estrutura física escolar, projeto de intervenção entre outras atividades em turmas de 8° e 9° Ano do Ensino Fundamental II no turno vespertino da Escola Estadual Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Resultado: Pode-se observar no decorrer do programa as dificuldades sentidas pelos residentes em passar pelas regências que os possibilitam entrar em contato com a realidade de uma sala de aula e com a complexidade dos saberes que servirão de base para a carreira docente. A parte fundamental para diminuir essa dificuldade e oferecer domínios aos acadêmicos é a observação em sala de aula. Esta etapa é um processo de adaptação ao ambiente escolar e é indispensável. Ao dar início as regências, apresentou os seguintes assuntos, tabela periódica, mistura e separação de misturas, átomos, células, sistema nervoso, esquelético, locomotor e imunitário. Neste tempo de residência, observar e conversar com professores era uma tarefa diária mesmo após o término das aulas, que propuseram um intenso contato direto com os alunos e com a rotina da escola. Através destas conversas, aumentou ainda mais certeza de seguir na carreira docente. Conclusão: As experiências no Programa Residência Pedagógica foram de grande relevância para a formação dos licenciandos, que colocaram em prática o que lhes foram ensinados no âmbito da universidade, podendo destacar ainda a importância da residência, que permitiu a aproximação do acadêmico com o exercício de sua futura profissão, proporcionando-lhes a interação entre os alunos e professores mais experientes atuantes nas áreas, além disso, harmonizar o contato com outros colegas de graduação onde houve trocas de ideias e experiências com os mesmos. Apoio CAPES.

Downloads

Publicado

2020-10-26

Como Citar

RODRIGUES, C. N.; ALMEIDA, A. S. de; YAMAGUCHI, K. K. de L. RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA: RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE A PRÁTICA DOCENTE EM UMA ESCOLA PÚBLICA ESTADUAL NO MUNICÍPIO DE COARI, AMAZONAS. Revista Ensino, Saúde e Biotecnologia da Amazônia, [S. l.], v. 2, n. esp., p. 46, 2020. Disponível em: //periodicos.ufam.edu.br/index.php/resbam/article/view/6585. Acesso em: 9 fev. 2023.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>