O Estado da Arte do Conhecimento Acadêmico Regional acerca das Etnias Sateré-Mawé e Hixkaryana, do Baixo Amazonas

  • Gabriel Ferreira Fragata Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia - Universidade Federal do Amazonas
  • Rubielle Cavalcante dos Santos Universidade Federal do Amazonas

Resumo

O estudo “O estado da arte do conhecimento acadêmico regional acerca das etnias Sateré-Mawé e Hixkaryana, do Baixo Amazonas” importou-se para a descrição do estado da arte (trabalhos de caráter bibliográfico que pretendem fazer discussões e mapear a produção acadêmica em determinado campo do conhecimento) das etnias Sateré-Mawé e Hixkaryana, a partir de produções que relacionassem o Baixo Amazonas em seus contextos. Nesse sentido, enfocaram-se estudos na área das Ciências Humanas e Sociais, os quais, projetamos, retrataram de forma crítica a realidade dos povos indígenas e mostraram caracterizações para se agregar saberes indígenas a conhecimentos referenciados no campus Parintins. A pesquisa almejou fazer levantamento bibliográfico considerando lugares de fala de autores que enfatizassem conteúdos relacionados a contextos étnicos. Conhecer sociedades indígenas, nesse sentido, mostrou-se fundamental para a compreensão e valorização da pesquisa. O estudo inscreveu-se dentro de um esforço coletivo de pesquisa, que pretende contribuir para compreensão da realidade vivida pelos índios do Baixo Amazonas, especificamente os Hixkaryana e os Sateré-Mawé, povos que de grande valor no âmbito da sociodiversidade do Baixo Amazonas. Espera-se contribuir para que outras sociedades conheçam como vivem hoje indígenas na Amazônia e, partir disso, fomentar visão crítica acerca da causa abordada.

 

Palavras-chave: Estado da arte; Hixkaryana; Sateré-Mawé; Baixo Amazonas.

Biografia do Autor

Gabriel Ferreira Fragata, Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia - Universidade Federal do Amazonas
Cursando Bacharelado em Comunicação Social / Jornalismo, Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia - Universidade Federal do Amazonas. Estudou Ensino Médio na Escola Estadual Senador João Bosco Ramos de Lima(2012).
Publicado
2016-10-24