ANÁLISE GEOESTATÍSTICA DAS PRECIPITAÇÕES EXTREMAS DE ITUIUTABA – MG

Autores

  • Taison Luiz de Paula Braghiroli
  • Lorrane Barbosa Alves
  • Arlei Teodoro de Queiroz

Palavras-chave:

Precipitação máxima, período de retorno, Ituiutaba-MG.

Resumo

O estudo das precipitações máximas registradas em uma região é essencial para prevenção de
desastres naturais, neste sentido este trabalho tem como objetivo calcular e analisar, estatisticamente, as
precipitações máximas diárias por ano na cidade Ituiutaba-MG, utilizando-se dados disponibilizados pela
Agência Nacional de Águas (ANA). Para a realização do trabalho fez-se uma análise geoestatística dos
dados de precipitação máximas da série histórica de 1968 a 2011 da estação pluviométrica de Ituiutaba,
utilizando a distribuição de Gumbel de máximos. Além disso, elaborou-se a curva de intensidade-duraçãofrequência
de precipitações máximas através da metodologia proposta pela Cetesb (1986). Ao observar os
dados, verifica-se que a precipitação máxima ocorrida em um dia nesta estação atingiu 141,6 mm. Ainda
sobre os resultados destacam-se as informações referente ao período de retorno e a curva de intensidadeduração-
frequência das precipitações máximas diária/ano, sendo que a partir destas informações é possível
adotar medidas preventivas de enchentes, bem como dimensionar a capacidade de armazenamento de água
e amortecimento de enchentes em reservatórios ou em outras obras hidráulicas próximas a estação de
Ituiutaba.

Downloads

Publicado

2012-10-06

Como Citar

Paula Braghiroli, T. L. de, Barbosa Alves, L., & Teodoro de Queiroz, A. (2012). ANÁLISE GEOESTATÍSTICA DAS PRECIPITAÇÕES EXTREMAS DE ITUIUTABA – MG. REVISTA GEONORTE, 3(8), 893 –. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/arrumar%20pg