DIAGNÓSTICO DA GESTÃO PARTICIPATIVA E A ATUAÇÃO DO COMITÊ DA SUB-BACIA DO ALTO JAGUARIBE, CEARÁ

  • F. É. R. de Oliveira
  • A. C. M. Meireles
  • G. S. Martins
  • P. N. F. Rodrigues
  • H. de S. Uchôa
Palavras-chave: recursos hídricos, comitê de bacias, reservatórios.

Resumo

A gestão integrada das águas deve ser feita de forma sistemática, devendo adequar-se às inúmeras variantes relativas às diversidades bióticas, demográficas, econômicas das diversas regiões do País, com orientação simultânea pelos aspectos de quantidade e qualidade dos recursos hídricos. O estudo objetivou diagnosticar a atuação do comitê de bacia do Alto Jaguaribe na gestão participativa das águas e verificar o seu desempenho na descentralização dos recursos hídricos da bacia, bem como, sua participação na resolução de conflitos. As informações estudas referem-se ao período de 2002 a 2013 e foram obtidas junto ao Núcleo de Gestão Participativa da Companhia de Gerenciamento de Recursos Hídricos – COGERH, Gerência Iguatu-CE, bem como mediante pesquisas bibliográficas, leitura das atas de reuniões, entrevistas, participação em seminários e reuniões do comitê. O comitê bacia em sua gestão, no período estudado, realizou várias ações visando à descentralização dos recursos hídricos e a melhoraria da qualidade de vida dos usuários da sub-bacia do Alto Jaguaribe, contudo, o mesmo ainda é deficiente em sua atuação em questões relacionadas à outorga da água.

Biografia do Autor

F. É. R. de Oliveira
UFAM
Publicado
2016-09-10
Como Citar
É. R. de Oliveira, F., C. M. Meireles, A., S. Martins, G., N. F. Rodrigues, P., & de S. Uchôa, H. (2016). DIAGNÓSTICO DA GESTÃO PARTICIPATIVA E A ATUAÇÃO DO COMITÊ DA SUB-BACIA DO ALTO JAGUARIBE, CEARÁ. REVISTA GEONORTE, 7(26), 106 - 121. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2762