CLIMA SEMIÁRIDO E PROCESSO DE DESERTIFICACÃO EM FORQUILHA – CE E AS INFLUÊNCIAS DAS ATIVIDADES RURAIS

Autores

  • Paulo Ferreira dos Santos Filho
  • Paula Alves Tomaz
  • Francisco Davy Braz Rabelo
  • Ponciana Freire de Aguiar

Resumo

O clima é um dos elementos que mais influenciam nos aspectos físicos do meio ambiente. O semiárido cearense é caracterizado por apresentar altas temperaturas e elevadas taxas de evaporação e evapotranspiração, e tem sua pluviometria concentrada em um breve espaço e tempo. Dessa forma o trabalho aqui apresentado é de extrema importância, pois, vem mostrar a influência do clima no ambiente cearense mais precisamente em Forquilha - CE, já que, é uma área suscetível a desertificação. Objetivamos assim, esclarecer as características que tornam Forquilha vulnerável a degradação ambiental (influências climáticas e sociais), entender como esse processo influência o convívio da sociedade com o meio ambiente. A Teoria Geral dos Sistemas norteou nossa fundamentação metodológica tendo em vista que o processo de desertificação que envolve todo o ambiente natural e social, pois é resultado das práticas desenvolvidas pelo homem no meio, assim o estudo da paisagem será de fundamental importância na descrição, análise e problematização do ambiente semiárido. Como resultado foi observado um ambiente já bastante degradado e com isso susceptível a desertificação, e feita uma análise das melhores maneiras de convivência com o semiárido a partir de práticas adequadas para esse ambiente.

Downloads

Publicado

2012-10-06

Como Citar

Santos Filho, P. F. dos, Alves Tomaz, P., Davy Braz Rabelo, F., & Freire de Aguiar, P. (2012). CLIMA SEMIÁRIDO E PROCESSO DE DESERTIFICACÃO EM FORQUILHA – CE E AS INFLUÊNCIAS DAS ATIVIDADES RURAIS. REVISTA GEONORTE, 3(9), 1043 –. Recuperado de //periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2561