EXPANSÃO DA ÁREA URBANA DE PELOTAS SOBRE O SETOR DA PLANÍCIE LAGUNAR LOCALIZADO NA MARGEM ESQUERDA DO CANAL SÃO GONÇALO – RS

Autores

  • Carine Raquel Heck
  • Pâmela Freitas da Silva
  • Adriano Luís Heck Simon

Palavras-chave:

ocupação urbana, degradação ambiental, banhados

Resumo

O crescimento das cidades, decorrente do êxodo rural e do aumento da população vem provocando profundos desequilíbrios nos sistemas naturais, que são alterados para servirem às necessidades do sistema socioeconômico, como conjuntos habitacionais, áreas de mineração e vias de transporte. Assim, a presente pesquisa teve como objetivo identificar e analisar os conflitos ambientais decorrentes do processo de expansão da área urbana de Pelotas sobre o setor da Planície Lagunar localizado na margem esquerda do Canal São Gonçalo-RS. A partir da revisão bibliográfica e de trabalhos de campo realizados em áreas chave previamente selecionadas, foram constatadas significativas modificações antrópicas no meio físico, como alterações na hidrografia com a construção de canais artificiais e na geomorfologia com o aterramento dos banhados para o crescimento e desenvolvimento da área urbana.

Downloads

Publicado

2012-11-12

Como Citar

Raquel Heck, C., Freitas da Silva, P., & Heck Simon, A. L. (2012). EXPANSÃO DA ÁREA URBANA DE PELOTAS SOBRE O SETOR DA PLANÍCIE LAGUNAR LOCALIZADO NA MARGEM ESQUERDA DO CANAL SÃO GONÇALO – RS. REVISTA GEONORTE, 3(5), 444 –. Recuperado de //periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2097