USO DE TÉCNICAS DE SENSORIAMENTO REMOTO E GEOPROCESSAMENTO NA CARACTERIZAÇÃO DO USO DA TERRA DA BACIA HIDROGRÁFICA DA UHE CAÇU – GO

  • Makele Rosa de Paula
  • João Batista Pereira Cabral
Palavras-chave: e, uso da terra, bacia hidrográfica, geoprocessamento.

Resumo

A utilização das técnicas de sensoriamento remoto e geoprocessamento contribuem significativamente na análise da caracterização da bacia hidrográfica da Usina Hidrelétrica de Energia de Caçu – GO.O presente trabalho tem como objetivo mapear o uso da terra da área de estudo, com intuito de identificar as formas de utilização e ocupação do espaço por parte do homem, que ao ser ocupado de forma desordenada trás como consequência a deterioração do ambiente. A metodologia tem como base a segmentação e classificação (não supervisionada) e posterior classificação visual da imagem TM Landsat5 e realização do trabalho de campo. Nos resultadosobtidos a categoria pastagem apresenta maior predomínio, com74,93%, seguido pela categoria mata/cerrado que abrangem21,28%, o volume de água com 2,96% devido à implantação da UHE Caçu e as outras categorias apresentam menos de 1% da área.
Publicado
2012-11-16
Como Citar
Rosa de Paula, M., & Pereira Cabral, J. B. (2012). USO DE TÉCNICAS DE SENSORIAMENTO REMOTO E GEOPROCESSAMENTO NA CARACTERIZAÇÃO DO USO DA TERRA DA BACIA HIDROGRÁFICA DA UHE CAÇU – GO. REVISTA GEONORTE, 3(6), 127 - 139. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2048