POLÍTICAS DE ORDENAMENTO E LIMITAÇÕES AMBIENTAIS NA BACIA DO RIO MUCUIM - AM

  • Luiz Cleyton Holanda Lobato
  • Maria Madalena de Aguiar Cavalcante
  • Maria Madalena de Aguiar Cavalcante
Palavras-chave: Política de Ordenamento Territorial, Bacia Hidrográfica, Amazônia

Resumo

Este artigo apresenta um panorama sobre o padrão de organização na área circunscrita à baciahidrográfica do Rio Mucuim, localizado no estado do Amazonas, município de Canutama. Esta áreaestá sob influência das principais políticas de ordenamento propostas para Amazônia Ocidental, taiscomo: a implantação de Projetos de Assentamentos Agrários do Instituto de Colonização e ReformaAgrária – INCRA; a implantação de Unidades de Conservação; projetos de infraestrutura como arepavimentação da BR-319 e reforma da BR-230; e implantação do Gasoduto Urucu/Porto Velho. Ainfluência dessas políticas na área em estudo segue um padrão de impactos e degradação ambientalque pode ser observado em toda a Amazônia, pois as políticas de ordenamento nem sempreconsideram as características naturais, resultando na ocupação desordenada em áreas com potencialprodutivo baixo e uma logística inadequada. A partir da identificação dos padrões de ocupação daárea, por meio de levantamento em campo e levantamento de dados oficiais do poder público,observou-se a problemática da insustentabilidade dos atuais sistemas produtivos observados na área dabacia hidrográfica do Rio Mucuim, devido à falta de uma política de ordenamento territorialcompatível com as condições naturais e necessidades locais, ocasionando sérias conseqüênciasambientais e instabilidade social e econômica na região.
Publicado
2012-11-16
Como Citar
Holanda Lobato, L. C., Cavalcante, M. M. de A., & Cavalcante, M. M. de A. (2012). POLÍTICAS DE ORDENAMENTO E LIMITAÇÕES AMBIENTAIS NA BACIA DO RIO MUCUIM - AM. REVISTA GEONORTE, 3(6), 1207 - 1215. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2017