DIVERSIDADE DE OLHARES: A EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE PAISAGEM NO DECORRER DAS DÉCADAS

  • Ana Beatriz Câmara Maciel
  • Zuleide Maria Carvalho Lima
  • Janny Suenia Dias de Lima
Palavras-chave: Paisagem, Transformações, Sociedade-Natureza

Resumo

Este trabalho teve como objetivo central fazer um resgate da evolução do conceito de paisagem,enquanto categoria de análise geográfica, por meio de um caminho teórico das diversas correntes dopensamento geográfico. Esta discussão, em torno do conceito de paisagem, se torna importante, umavez que é sobre essa categoria que se pode fazer uma melhor análise do espaço geográfico de acordocom o interesse das transformações do uso e ocupação nas cidades. Pode-se afirmar que um dosproblemas enfrentados pela ciência geográfica incide na suaespecialização em subáreas - geografiafísica e geografia humana. Dessa forma, osgeógrafos físicos buscam entender os princípios daformação da sociedade, e oscientistas humanos relutam em se aproximar aos princípios básicos dossistemasnaturais. Sobre a problemática das modificações naturais e antrópicas das paisagens, a análiseda paisagem pode revelar-nos significativos resquícios sobre a ocorrência dessas transformações, quesão expressos visualmente nas paisagens nas áreas urbanas. Então, nos deixa claro que se deve realizaro estudo das interações sociedade-natureza como uma totalidade, pois sem entender as partes serácomplicado compreender como se deu as transformações nas paisagens.
Publicado
2012-11-16
Como Citar
Câmara Maciel, A. B., Carvalho Lima, Z. M., & Dias de Lima, J. S. (2012). DIVERSIDADE DE OLHARES: A EVOLUÇÃO DO CONCEITO DE PAISAGEM NO DECORRER DAS DÉCADAS. REVISTA GEONORTE, 3(6), 887 - 899. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1995