AGRICULTURA SÃOTOMENSE E SUA PERSPECTIVA NO SÉCULO XXI: UMA ANÁLISE SOCIOAMBIENTAL DA ILHA DO PRÍNCIPE - SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE, ÁFRICA

  • Lúcio Correia Miranda
  • Francisco Davy Braz Rabelo
Palavras-chave: agricultura, questão ambiental e São Tomé e Príncipe.

Resumo

O presente artigo deriva das abordagens reflexivas sobre as relações entre as formas de uso eocupação, meio ambiente e as estratégias de desenvolvimento adotadas pelas políticas nacionais dedesenvolvimento de São Tomé e Príncipe. É a partir das práticas de uso e ocupação do solo que astransformações dos componentes ambientais se alteram por meio de um dinamismo acelerado econtínuo, rumo à deterioração ambiental que consequentemente amplia os empecilhos determinantesda qualidade de vida almejada socialmente na escala espaço temporal. Este artigo tem como objetivoinstigar uma reflexão sobre as estratégias de sobrevivência dos pequenos agricultores e analisar apaisagem construída e moldada pelas práticas agrícolas e interesses políticos determinantes ao longodo tempo no território sãotomense, como subsídio para a procura de novas estratégias de ordenamentodesenvolvimento local. A partir desta análise reflexiva das condições socioambientais procuro fazeruma retrospectiva sobre as problemáticas ambientais e questões agrárias destacando a importância doplanejamento e gestão ambiental como ferramentas indispensáveis para se alcançar umdesenvolvimento menos impactante tanto do ponto de vista ambiental como social.
Publicado
2012-11-16
Como Citar
Miranda, L. C., & Braz Rabelo, F. D. (2012). AGRICULTURA SÃOTOMENSE E SUA PERSPECTIVA NO SÉCULO XXI: UMA ANÁLISE SOCIOAMBIENTAL DA ILHA DO PRÍNCIPE - SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE, ÁFRICA. REVISTA GEONORTE, 3(6), 463 - 473. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1960