ANÁLISE DE MAGNITUDE-FREQUÊNCIA DE EVENTOS PLUVIOMÉTRICOS NA REGIÃO DE PARELHEIROS (SÃO PAULO-SP)

  • André Henrique Bezerra dos Santos
Palavras-chave: Indice de Magnitude-Frequência, eventos pluviométricos, Serra do Mar

Resumo

Analisa-se a variabilidade espacial do Índice de Magnitude-Frequência dos eventos pluviométricos de uma área localizada entre as cidades de São Paulo-SP e Praia Grande-SP e suas relações com a presença da escarpa da Serra do Mar, segundo método proposto por Ahnert (1987). Dados publicados pelo DAEE foram utilizados para gerar séries diárias de precipitações entre 1979 e 1984 em 22 postos pluviométricos da região, a partir dos quais foram obtidos os valores de Y a A (Y = intervalo de recorrência em 1 ano; Y+A = intervalo de recorrência em 10 anos) que compõem o Índice de Magnitude-Frequência. Foram observados valores mais elevados de Y e de A nas proximidades da escarpa, sugerindo processos geomórficos mais intensos nessas áreas em decorrência de maiores precipitações.
Publicado
2012-12-05
Como Citar
Bezerra dos Santos, A. H. (2012). ANÁLISE DE MAGNITUDE-FREQUÊNCIA DE EVENTOS PLUVIOMÉTRICOS NA REGIÃO DE PARELHEIROS (SÃO PAULO-SP). REVISTA GEONORTE, 3(4), 399 - 411. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1843