A IMPORTÂNCIA DOS AGENTES SOCIAIS: ESPAÇO URBANO DAS RAs QUE COMPREENDEM O TABULEIRO PARTE ALTA DA CIDADE DE MACEIÓ (AL)

  • Sheylla Patrícia Gomes do Nascimento
  • James Rafael Ulisses dos Santos
Palavras-chave: Espaço Urbano, Agentes Produtores do Espaço, Regiões Administrativas 06 e 07 de Maceió (MCZ-AL)

Resumo

O presente estudo traz em sua discussão os agentes produtores do espaço – os proprietários dos meios de produção (grandes industriários), os proprietários fundiários, os promotores imobiliários, o Estado e os grupos sociais excluídos – e a ação destes na modelagem do espaço urbano, especialmente nos bairros localizados nas Regiões Administrativas (RAs) 06 (composta pelos bairros: Benedito Bentes e Antares); e 07 (composta pelos bairros Clima Bom, Tabuleiro dos Martins, Santa Lúcia, Santos Dumont e Cidade Universitária) que correspondem ao chamado Tabuleiro – parte alta da cidade de Maceió (AL). Esses agentes são responsáveis por organizar e reorganizar o espaço urbano. Nessa pesquisa visa-se identificar as transformações realizadas a partir da ação constante e intensificadas desses agentes nas Regiões Administrativas supracitadas, cujo objetivo é mostrar a atuação, a importância que eles exercem nas Regiões, bem como, os conflitos de interesses que estão postos no processo. Foram realizadas pesquisas bibliográficas, documentais e exploratórios de campo nas regiões. No cotidiano das regiões que compreende o Tabuleiro são notórias as modelagens na configuração territorial e, consequentemente, da paisagem promovida através destes agentes, que organizam, estruturam e favorecem ou não a população que nele habita provocando riscos sociais e ambientais na metamorfose da paisagem.
Publicado
2012-12-05
Como Citar
Gomes do Nascimento, S. P., & Ulisses dos Santos, J. R. (2012). A IMPORTÂNCIA DOS AGENTES SOCIAIS: ESPAÇO URBANO DAS RAs QUE COMPREENDEM O TABULEIRO PARTE ALTA DA CIDADE DE MACEIÓ (AL). REVISTA GEONORTE, 3(4), 340 - 348. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1833