RELATO DE EXPERIÊNCIA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DE ENSINO II VIVENCIADO NA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DE UMA ESCOLA NO MUNICÍPIO DE COARI-AM

Autores

  • Camila Cordeiro Silva Universidade Federal do Amazonas - Instituto de Saúde e Biotecnologia (UFAM/ISB)
  • Klenicy Kazumy de Lima Yamaguchi Universidade Federal do Amazonas - Instituto de Saúde e Biotecnologia (UFAM/ISB)

Palavras-chave:

Escola, Observação, Estágio, Regência

Resumo

Introdução: O ensino de Ciências muitas vezes é realizado de forma pouco atrativa pelos professores e falta de disciplina dos alunos, acarretando grandes problemáticas no processo de ensino-aprendizagem. Objetivo: Expor as experiências vivenciadas ao longo do Estágio Supervisionado II, através das atividades de observação e regência, conhecendo um pouco da realidade da prática docente e, dessa forma, consolidar o conhecimento teórico adquirido em sala de aula, através da articulação entre a teoria e prática. Método: O Estágio Supervisionado de Ensino II foi desenvolvido na Escola Estadual Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, com atividades de observação e regência durante as aulas na sala de aula, totalizando 45 horas. Durante o estágio foram observados os anos do Ensino Fundamental, visando conhecer a metodologia utilizada pelos professores supervisores nas salas de aula, tendo em vista a maneira de como os alunos se comportavam em sala de aula com a presença do professor e estagiário. Resultado: A partir do estágio de observação no Ensino Fundamental, foi possível verificar as metodologias abordadas pelos professores em salas de aula e fazer uma distinção entre a realidade escolar e o que se aprende na disciplina de prática de ensino. Verificou-se que grande parte dos professores da referida escola conduziam o ensino de forma tradicional, utilizando as ferramentas tradicionais como quadro branco, pincel e livro adotado na Escola. A partir do estágio de regência no Ensino Fundamental, observou-se ao decorrer das aulas introdutórias o comportamento geral dos alunos em relação aos conteúdos abordados, possibilitando ao acadêmico o despertar para elaboração de estratégias de ensino como experimentos, ferramentas atuais para gerar motivação, até mesmo, para o desenvolvimento de aulas mais tradicionais. Considerando, importância do estágio no processo de formação do professor ainda é um grande desafio, precisamos mudar muitas coisas, por isso temos, sempre que buscar se aperfeiçoar ao exercício pleno da docência, buscando inovar as metodologias e as estratégias para facilitar a aprendizagem dos alunos. Conclusão: O Estágio Supervisionado de Ensino II proporcionou a oportunidade de observar reger e obter novas experiência, como a da prática de docência. A experiência foi de suma importância, pois as metas estipuladas foram cumpridas e desempenhadas com muita satisfação.

Downloads

Publicado

2020-10-26

Como Citar

SILVA, C. C.; YAMAGUCHI, K. K. de L. RELATO DE EXPERIÊNCIA DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DE ENSINO II VIVENCIADO NA DISCIPLINA DE CIÊNCIAS DE UMA ESCOLA NO MUNICÍPIO DE COARI-AM. Revista Ensino, Saúde e Biotecnologia da Amazônia, [S. l.], v. 2, n. esp., p. 42, 2020. Disponível em: //periodicos.ufam.edu.br/index.php/resbam/article/view/6584. Acesso em: 9 fev. 2023.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 5 > >>