A importância do estágio voluntário na vida acadêmica: um relato de experiência

Autores

  • Jéssica Carvalho Guimarães Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Andriele Valentin da Costa Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Ananias Facundes Guimarães Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Paula Andreza Viana Lima Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Rodrigo Damasceno Costa Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Marcelo Henrique da Silva Reis Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Jéssica Karoline Alves Portugal Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM

Resumo

Introdução: O estágio é uma etapa importante no processo de aprendizagem e desenvolvimento do aluno, pois ao relacionar o conhecimento acadêmico com a experiência de trabalho, o aluno fica apto a atuar nas diversas situações referentes a profissão, proporcionando dessa forma, a maior aquisição de conhecimento, pois neste momento poderá sanar todas as suas dúvidas com o seu supervisor, para que possa ser inserido no mercado de trabalho com total capacidade e competência ao exercer as atribuições de sua profissão. Através do estágio, além de adquirir maior conhecimento, o aluno pode contribuir ativamente no processo de trabalho no local em que está inserido, atuando na prestação de serviço que está incumbido e consequentemente ser um agente facilitador na otimização do trabalho, perante a sociedade. Neste sentido, diante da necessidade de se familiarizar com o ambiente de trabalho e adquirir experiência, foi realizado um estágio voluntário, sem nenhum fim lucrativo, por uma acadêmica finalista do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Amazonas, em uma Unidade Básica de Saúde, do município de Coari – Amazonas. O curso de Enfermagem oferece estágios supervisionados em sua grade curricular, no entanto, alguns alunos consideram que o tempo ofertado de cada estágio não é satisfatório para esclarecer todas as suas dúvidas e anseios sobre a profissão. Desta forma, muitos recorrem aos estágios voluntários, realizando-os por livre e espontânea vontade, fora das atividades acadêmicas obrigatórias. Objetivo: Relatar a experiência de uma acadêmica do curso de Enfermagem da Universidade Federal do Amazonas durante a realização do estágio voluntário, bem como a importância desse estágio em seu amadurecimento profissional. Método: A iniciativa do estágio voluntário partiu da inquietação da própria acadêmica, que ao se aproximar do término de sua graduação, se deu conta que haviam algumas dificuldades relacionadas a atuação profissional que precisavam ser praticadas e aprimoradas para capacita-la para o mercado de trabalho. Diante disto, após solicitar uma autorização da Secretaria Municipal de Saúde do município de Coari – Amazonas, o estágio deu-se início em uma Unidade Básica de Saúde, com a supervisão de um enfermeiro atuante da Unidade. Resultados: O estágio que teve 200 horas de duração, foi realizado em tempo de trabalho integral, sendo 8 horas por dia, nos períodos matutinos e vespertinos, de segunda à sexta-feira. Durante esse tempo, a acadêmica pode atuar dentro da Unidade exercendo atividades referentes à profissão de enfermeiro, tais como: Consulta de pré-natal, consulta de planejamento familiar, consulta puerperal, consulta de puericultura, visitas domiciliares, exame de Papanicolau, palestras educativas, entre outras. Ao término das atividades do estágio, pode-se observar a diferença e o impacto que o estágio em tempo integral pode causar na formação acadêmica do indivíduo, uma vez que o mesmo estará vivenciando a rotina profissional, o que consequentemente transmite maior vínculo entre acadêmico e profissão. Conclusão: Quanto mais tempo o aluno está inserido no meio de trabalho da profissão que escolheu, maior será o seu preparo para atuar no mercado de trabalho. Desta forma, ao constatar que o aluno ainda se sente inseguro quanto a realização das atividades cabíveis à profissão, mesmo após realizar estágios obrigatórios da grade curricular, seria necessário a reavaliação da carga horária de estágio desses estudantes, para que a universidade seja capaz de formar um profissional que saia da graduação totalmente seguro nas suas atribuições.

Downloads

Publicado

2019-07-05

Como Citar

GUIMARÃES, J. C.; DA COSTA, A. V.; GUIMARÃES, A. F.; LIMA, P. A. V.; COSTA, R. D.; REIS, M. H. da S.; PORTUGAL, J. K. A. A importância do estágio voluntário na vida acadêmica: um relato de experiência. Revista Ensino, Saúde e Biotecnologia da Amazônia, [S. l.], v. 1, n. especial, p. 1, 2019. Disponível em: //periodicos.ufam.edu.br/index.php/resbam/article/view/5845. Acesso em: 29 jan. 2023.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>