Prevenção de úlcera de pressão: uma ação educativa na unidade básica de saúde do bairro Pêra, Coari – AM

Autores

  • Andriele Valenti da Costa Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Ananias Facundes Guimarães Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Paula Andreza Viana Lima Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Rodrigo Damasceno Costa Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Marcelo Henrique da Silva Reis Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Jéssica Karoline Alves Portugal Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Hyana Kamila Ferreira de Oliveira Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM

Resumo

Introdução: As úlceras de pressão ou úlceras de decúbito, são lesões que acometem as regiões da pele onde há sobreposição de uma proeminência óssea, originando-se basicamente de isquemia tecidual prolongada. Ocorre devido a permanência do paciente na mesma posição por um longo período de tempo, sendo muito comum em pacientes acamados e idosos.  Os locais comumente afetados são a região sacral e os calcâneos, sendo mais frequente na região pélvica ou abaixo desta. Diante disto, por se tratar de um problema completamente evitável, uma professora da Universidade Federal do Amazonas observou a necessidade de adotar medidas preventivas através de atividades educativas. Objetivo: Relatar ações educativas que foram realizadas na Unidade Básica de Saúde do Bairro Pêra, para a prevenção de úlceras de pressão. Métodos: Primeiramente foi feito um planejamento sobre as atividades que seriam realizadas, dividindo grupos e realizando apresentações em sala de aula. As palestras foram realizadas por acadêmicos do curso de enfermagem da Universidade Federal do Amazonas, na Unidade Básica de Saúde do Bairro Pêra nos dias 19 e 24 de outubro de 2017. Foram escolhidos dias estratégicos, em que a Unidade estaria atendendo pacientes idosos, por se tratar de uma população de risco. As apresentações foram feitas pela manhã e pela tarde, enquanto os pacientes aguardavam o atendimento médico e de enfermagem. Foram utilizados cartazes explicativos e linguagem clara e objetiva para o melhor entendimento da população. Resultados: Em cada palestra, participou em média 10 pacientes, de faixa etária distintas, pois embora fosse dia de atendimento de idosos e hipertensos, havia muitos pacientes em busca de outro tipo de atendimento à saúde. Apesar de muitos dos participantes não possuírem fatores de risco para o desenvolvimento de úlceras por pressão, é importante destacar a prevenção enquanto ainda não há possibilidade de lesão. Durante as apresentações, os participantes puderam elucidar suas dúvidas quanto ao assunto e ficarem preparados para saberem lidar com possíveis situações em que precisem agir na prevenção dessas lesões, em casos de identificação de fatores de riscos no meio em que vive. Conclusão: A educação é o principal meio de acesso à promoção da saúde e prevenção de doenças. Neste sentido, esta ação configura-se uma importante ferramenta no combate a problemas de saúde que podem ser evitados. Diante disto, ressalta-se a importância do profissional de saúde na atuação de atividades educativas. Além disso, os acadêmicos de enfermagem são preparados desde o início da graduação para serem agentes promotores de saúde, representando um valioso meio de acesso à informação e transformação da sociedade em que estão inseridos.

Downloads

Publicado

2019-06-27

Como Citar

DA COSTA, A. V.; GUIMARÃES, A. F.; LIMA, P. A. V.; COSTA, R. D.; REIS, M. H. da S.; PORTUGAL, J. K. A.; DE OLIVEIRA, H. K. F. Prevenção de úlcera de pressão: uma ação educativa na unidade básica de saúde do bairro Pêra, Coari – AM. Revista Ensino, Saúde e Biotecnologia da Amazônia, [S. l.], v. 1, n. especial, p. 1, 2019. Disponível em: //periodicos.ufam.edu.br/index.php/resbam/article/view/5675. Acesso em: 5 fev. 2023.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>