Educação inclusiva na escola municipal Irmã Cristine: considerações preliminares sobre um desafio a ser alcançado

  • Isaías dos Santos da Cunha Universidade do Estado do Amazonas

Resumo

Este estudo investiga a importância e o conceito da acessibilidade para educação inclusiva na Escola Municipal Irmã Cristine, um desafio a ser alcançado, pensado numa ampla abrangência que melhore o contexto da vida cotidiana do educando com retardo mental leve, baixa visão, esquizofrenia e TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade). Desenvolvido a partir de pesquisa documental e bibliográfica, aponta as implicações decorrentes da não observação desse aspecto para a inclusão desses alunos. As dificuldades encontradas no ambiente escolar, como banheiros, bibliotecas e demais locais da instituição são dificuldades relevantes e significativas para garantir a entrada e a permanência do educando em sala de aula, promover sua autonomia, criar mecanismos de independência para que o mesmo possa sentir-se inserido e aceito, o que é fundamental no processo de autoria da sua própria história acadêmica. O aporte teórico constitui nas perspectivas de Manzini (2008), KOOGAN (1995) e as diretrizes do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente, assim como MEC, SEESP (2005).

Biografia do Autor

Isaías dos Santos da Cunha, Universidade do Estado do Amazonas

Graduado em Licenciatura Plena em Letras pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Especialista em Língua Portuguesa e Literatura pela Facibra/PR. Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Educação da Universidade Saint Alcuin Of York Anglican College/Chile. E-mail: isaiassantos454@gmail.com

Publicado
2020-04-01