As raízes da Faculdade de Educação da UFAM

uma análise do contexto em que a instituição se desenvolveu (1960 a 1980)

Resumo

Este artigo, inserido no campo da história da educação, tem por objetivo analisar o contexto social, político e econômico em que se desenvolveu a Faculdade de Educação da Universidade do Amazonas, atual FACED/UFAM. Torna-se importante revisitar e analisar a história dessa instituição educacional, por ocasião de suas cinco décadas de atuação no sentido de oferecer à sociedade brasileira professores com formação adequada ao ensino na Educação Básica. Como recorte historiográfico, foi necessário retornarmos aos anos 1960, quando o Curso de Pedagogia ainda pertencia ao FFCL, caminharmos pelos anos 1970, quando a unidade foi efetivamente criada com base na Lei n.º 5.540/68, até os anos em que ela se instalou definitivamente no campus universitário, nos anos 1980. Utilizamos a metodologia de análise de bibliografia (CUNHA, 2016; MENDONÇA, 2000; RÉMOND, 2003) e a análise de periódicos (LUCA, 2006; PASQUINI; TOLEDO, 2014), além da categoria de Instituição Escolar (DUBET, 2006; SANFELICE, 2008; NÓVOA, 1995) para desenvolver nosso estudo.

 Palavras-Chave: Formação de Professores; Faculdade de Educação; História da Educação.

Biografia do Autor

Fábio Souza Lima, Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Atua como professor de História da Educação da Universidade Federal do Amazonas. Mestre e Doutor em Educação pelo PPGE/UFRJ, seguindo a linha de pesquisa História, Sujeitos e Processos Educacionais. Graduado em História pela UFF e em Filosofia pela UFRJ

Publicado
2020-07-09