O Currículo e a Prática Pedagógica sob o Olhar da Divisão de Fortalecimento do Currículo

  • Luzineth Rodrigues Martins Universidade Federal de Roraima – UFRR
  • Maria da Conceição Pereira Rebouças Secretaria de Educação do Estado de Roraima – SEDUC
  • Solange Mussato Secretaria de Educação do Estado de Roraima – SEDUC https://orcid.org/0000-0001-5960-0375
Palavras-chave: Planejamento docente, Prática Pedagógica, Contexto Amazônico

Resumo

Este trabalho versa sobre a complexa relação entre currículo e prática pedagógica e tem como objetivo relatar algumas experiências de acompanhamento do desenvolvimento do currículo no estado de Roraima. O trabalho se deu no âmbito da Divisão de Fortalecimento do Currículo – DIFC, do Departamento de Educação Básica – DEB, da Secretaria de Estado da Educação e Desporto – SEED. As ações aqui descritas ocorreram na dinâmica de grupo de trabalho – GT, formado por cada um dos componentes curriculares, das etapas do ensino em Roraima. Evidenciamos significativas experiências nos diferentes Grupos de Trabalhos - GTs, bem como a importância do trabalho docente coletivo na rede estadual contribuindo para a melhoria da qualidade do ensino em Roraima.

Referências

Bortoni-Ricardo, Stella Maris. (2012). Leitura e mediação pedagógica. São Paulo: Parábola.

Brasil. Ministério da Educação Básica. (2017). Base Nacional Comum Curricular: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília: MEC.

Brasil. Ministério da Educação Básica. (1996). LDB – Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Brasília: MEC.

Brasil. Ministério da Educação Básica. (1997). Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental. Brasília: MEC.

Coll, César. (1998). Psicologi e currículo: uma aproximação psicopedagógica à elaboração do currículo escolar. Tradução: Cláudia Schilling. 3 ed. Ática.

Giroux, Henry. (1997). Os professores como intelectuais: rumo a pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre: Artmed.

Imbernón, Francisco. (2009). Formação Docente e profissional: formar-se para a mudança e incerteza. 3 ed. São Paulo, Cortez, (Coleção Questões da Nossa Época; v. 77).

Libâneo, José Carlos. (1994). Didática. São Paulo: Cortez.

Mizukami, Maria da Graça Nicoletti. (1986). Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: EPU, (Temas básicos de educação e ensino).

Monasta, Atílio. (2010). Antonio Gramsci. Trad. Paolo Nosella. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana.

Morales, Jorge Luis Meza. (2012). Diseño y desarrollo curricular. Estado de México: Red tercer milenio S.C.

Moretto, Vasco Pedro. (2014.) Planejamento: planejando a educação para o desenvolvimento de competências. 10 ed. Petrópolis, Rio de Janeiro, RJ: Vozes.

Sacristán, José Gimeno. (2000). O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3. ed. Porto Alegre: Artmed.

Publicado
2020-02-20