DIAGNÓSTICO DO USO E COBERTURA DA TERRA NOS RESERVATÓRIOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE PAU DOS FERROS, RN, BRASIL

Diagnosis of land use and coverage in public reservoirs in the municipality of Pau dos Ferros, RN, Brazil

  • Aluizio Bezerra Júnior Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
  • Agassiel Medeiros Alves Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Reservatório, Sensoriamento remoto, Chave de interpretação

Resumo

Objetivo da pesquisa é classificar, mensurar e mapear as dimensões espaciais das classes de uso e cobertura da terra nos reservatórios públicos 25 de Março e Dr. Pedro Diógenes Fernandes, ambos pertencente ao município de Pau dos Ferros, estado do Rio Grande do Norte. Para os procedimentos metodológicos, utilizou-se as técnicas de sensoriamento remoto (SIG Qgis versão Lyon 2.12.3), das imagens de média resolução espacial do satélite SENTINEL 2, sensor MSI (Multispectral Instrument), acompanhado pela chave de interpretação. Os resultados mostrou que há possibilidade de uso sustentável, uma vez que a exploração e conservação permanece em equilíbrio, assim sendo, está pesquisa pode subsidiar à conservação do uso dos recursos naturais no entorno dos reservatórios.

Biografia do Autor

Aluizio Bezerra Júnior, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Graduado do curso de Geografia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN (2019), Campus Avançado Professora Maria Elisa Albuquerque Maia - CAMEAM - Pau dos Ferros - RN. Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Geografia (2019). Pesquisador e membro do Núcleo de Estudos Geoambientais e Cartográfico - NEGECART, tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia física, atuando principalmente nos seguintes temas: degradação ambiental de reservatórios artificiais, geoprocessamento e sensoriamento remoto

Agassiel Medeiros Alves, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Vice-diretor do Campus Avançado Profª Maria Elisa de Albuquerque Maia - CAMEAM-UERN. Professor Adjunto III do Curso de Geografia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Campus de Pau dos Ferros, onde trabalha com disciplinas e pesquisas de Geografia Física. Doutorado em Ciência e Engenharia do Petróleo (PPGCEP) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, na linha de pesquisa de Meio Ambiente. Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (2006). Graduado com Licenciatura Plena em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2003). Tem experiência na área de Geografia Física com ênfase em Meio Ambiente, Ecologia e Biogeografia, atuando principalmente com os seguintes temas: semiárido, desenvolvimento sustentável, gestão e monitoramento ambiental, mudanças climáticas, sensoriamento remoto e geoprocessamento

Referências

ANDRADE, M. C. A produção do espaço norte-rio-grandense. 2 ed. Natal: Editora universitária, 1995.
BEZERRA JUNIOR, A.; GUEDES, J. A. Caracterização e análise do uso e ocupação da terra no entorno do reservatório Santana, Rafael Fernandes, RN. Okara: Geografia em Debate (UFPB), João Pessoa, v. 10, n. 3, p. 517-530, 2016. Disponível em: www.okara.ufpb.br/ojs/index.php/okara/article/download/28365/16852. Acesso em: 01 de jan, 2017.
BOSSLE, R. C. QGIS e geoprocessamento na prática. São José dos Pinhais: Editora Íthala, 2015.
BRASIL. Lei n° 12. 651, de 25 de maio de 2012. Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa e dá outras providências. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para assuntos jurídicos. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12651.htm. Acesso em: 27 de dez. 2016.
_____. Resolução CONAMA n° 302 de março de 2002. Brasília - DF. Disponível em: http://www2.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=298. Acesso em: 09 de ago. 2016.
_____. Resolução CONAMA n° 303 de maio de 2002. Brasília - DF. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/conama/res/res02/res30302.html. Acesso em: 12 de ago. 2016.
CÂMARA, G.; MONTEIRO, A. M. V. Conceitos básicos em ciência da geoinformação. In: CÂMARA, G.; DAVIS, C.; MONTEIRO, A. M. V. (Org). Introdução à ciência da informação. São José dos Campos - SP: INPE, 2001. Cap.2, p.1-35.
CPRM. Projeto cadastro de fontes de abastecimento por água subterrânea. Diagnóstico do município de Pau dos Ferros - RN. Recife, 2005.
CREPANI, E.; MEDEIROS, J. S.; AZEVEDO, L. G.; DUARTE, V.; HERNANDEZ, P.; FLORENZANO, T. Curso de sensoriamento remoto aplicado ao zoneamento ecológico – econômico. INPE, São José dos Campos, 1996.
DNOCS. Departamento Nacional de Obras Contra as Secas. Ficha técnica do açude de Pau dos Ferros. Fortaleza, 2018. Disponível em: https://www.dnocs.gov.br/php/canais/recursos_hidricos/fic_tec_reservatorio.php?codigo_reservatorio=160&descricao_reservatorio=A%E7ude+Pau+dos+Ferros. Acesso em: 10 de set. 2016.
FLORENZANO, T. G. Sensoriamento Remoto para Geomorfologia. In: Geomorfologia: Conceitos e tecnologias atuais. São Paulo: Oficina de textos, 2008. Cap.2, p.35 - 102.
IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo demográfico 2010. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/. Acesso em 02 jan. 2017.
_____. Manual Técnico de Uso da Terra. 3 ed. Rio de Janeiro: 2013.
IDEMA – Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte. Perfil do seu Município – Pau dos Ferros. Natal, v.10, p. 01 – 23, 2008. Disponível em: http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000013919.PDF. Acesso em: 20 de jul. 2016
JENSEN, J. R. Sensoriamento remoto do ambiente: uma perspectiva em recursos terrestres. Tradução de José Carlos Neves Epiphanio et al. São José dos Campos: Parêntese, 2019.
LANG, S.; BLASCHKE, T. Análise da paisagem com SIG. São Paulo: Oficina de Texto, 2009.
MOLLE, F.; CADIER, E. Manual do pequeno açude. Recife: SUDENE, 1992.
NOVO, E. M. L. M. Sensoriamento remoto: princípios e aplicações. São Paulo: Edgard Blucher, 2010.
PARANHOS FILHO, A. C.; MIOTO, C. L.; MARCATO JUNIOR, J.; CATALANI, T. G. T. Geotecnologias em aplicações ambientais. Campo Grande: Ed. UFMS, 2016
ROSA, R. Geotecnologias na Geografia aplicada. Revista do Departamento de Geografia, São Paulo, v. 16, p. 81-90, 2005. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rdg/article/view/47288/51024. Acesso em: 10 de jan. 2017.
_____. Introdução ao sensoriamento remoto. Uberlândia: Ed. UFU, 2007.
ROSS, J. L. S. Análise e sínteses na abordagem geográfica da pesquisa para o planejamento ambiental. Revista do Departamento de Geografia (USP), São Paulo, v.9, p.65-75, 1995. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rdg/article/view/53692. Acesso em: 10 de jan. 2016.
SANTOS, R. F. Planejamento Ambiental: teoria e prática. São Paulo: Oficina de Textos, 2004.
SEMARN – Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos. Ficha técnica do reservatório de 25 de Março. Disponível em: http://servicos.searh.rn.gov.br/semarh/sistemadeinformacoes/consulta/cResFichaTecnica.asp?IdReservatorio=7. Acesso em: 28 de jun. 2016.
XAVIER-DA-SILVA, J. X.; ZAIDAN, R. T. Geoprocessamento e análise ambiental: aplicações. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2013.
TRICART, J. Ecodinâmica. Rio de Janeiro: IBGE, 1977.
TUNDISI, J. G. Reservatórios como sistemas complexos: teoria, aplicações e perspectivas para usos múltiplos. In: HENRY, R. (Ed.). Ecologia de reservatórios: estrutura, função e aspectos sociais.2 ed. Botucatu: FUNDIBIO, 2007. 800 p. Cap.1, p.19‐38.
Publicado
2020-12-16
Como Citar
Bezerra Júnior, A., & Alves, A. M. (2020). DIAGNÓSTICO DO USO E COBERTURA DA TERRA NOS RESERVATÓRIOS PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE PAU DOS FERROS, RN, BRASIL: Diagnosis of land use and coverage in public reservoirs in the municipality of Pau dos Ferros, RN, Brazil. REVISTA GEONORTE, 11(38), 146-161. https://doi.org/10.21170/geonorte.2020.V.11.38.146.161
Seção
Artigos