OS BRASIGUAIOS E SUA INFLUÊNCIA POLÍTICA E ECONÔMICA NO PARAGUAI: RACISMO E NACIONALISMO NO MERCOSUL DO SÉCULO XXI

The Brasiguaios and their political and economic influence in Paraguay: racism and nationalism in Mercosur of the 21st century

  • Camilo Pereira Carneiro Filho Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD
  • Jéssica Alves dos Santos Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD
  • Maria Luiza Nogueira Vanderlei Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD
Palavras-chave: Brasiguaios; Soja; Imigração; Fronteira Brasil-Paraguai.

Resumo

A população de cidadãos de origem brasileira no Paraguai, denominada de brasiguaios, possui uma identidade cultural diferente da paraguaia. Esta comunidade, que passou a ser cada vez mais numerosa naquele país a partir da década de 1970 era estimada, em 2015, em 332.042 indivíduos. Contingente formado a partir do projeto de Marcha al Este do presidente Alfredo Stroessner, que abriu terras até então cobertas pela Mata Atlântica localizada na fronteira do Paraguai com o Brasil para colonos brasileiros (a maioria de origem europeia, proveniente da região Sul do Brasil) que passariam a desenvolver a sojicultura e aplicar práticas oriundas da Revolução Verde. Passadas mais de quatro décadas, o contingente brasileiro no Paraguai impõe sua cultura, seu idioma e alguns de seus membros possuem grande influência política e econômica no país. A presença do contingente brasileiro resulta em momentos de tensão no quotidiano político e social paraguaio, sendo que o recente golpe de Estado sofrido pelo presidente Lugo em 2012  teve participação de membros da comunidade brasiguaia. Face ao exposto o presente trabalho tem o objetivo de aferir os impactos da presença brasiguaia no Paraguai e analisar se esta  configura um risco à democracia neste país. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, sob a ótica das Relações Internacionais, pautada em análise bibliográfica e enriquecida por cartografia produzida pelos autores.

Referências

ABC COLOR. Gobierno observará ley que prohíbe la venta de tierras a los extranjeros. 18 jul. 2018. Disponível em: https://www.abc.com.py/articulos/gobierno-observara-ley-que-prohibe--la-venta-de-tierras-a-los-extranjeros-284897.html. Acesso em: 10 dez. 2019.
ALBUQUERQUE, José Lindomar de. Identidades e fronteiras nacionais: Conflitos e representações simbólicas entre imigrantes brasileiros e população paraguaia na região fronteiriça. In: Anais do XI Congresso Brasileiro de Sociologia. Campinas: UNICAMP, 2003.
ALBUQUERQUE, José Lindomar de. Conflito e integração nas fronteiras dos “brasiguaios”. In: Caderno CRH, Salvador, v. 23, n. 60, p. 579-590, set/dez 2010.
ALMEIDA, Fábio. Grupos criminosos montam fábricas clandestinas de cigarros paraguaios no RS. G1, 03 jun. 2019. Disponível em: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2019/06/03/grupos-criminosos-montam-fabricas-clandestinas-de-cigarros-paraguaios-no-rs.ghtml. Acesso em: 11 dez. 2019.
AZEVEDO, Wagner Fernandes de. Eleições paraguaias: a polarização entre os mesmos com a esquerda subjacente. Instituto Humanitas Unisinos, 20 abr. 2018. Disponível em: http://www.ihu.unisinos.br/188-noticias/noticias-2018/578141-eleicoes-paraguaias-a-polarizacao-entre-os-mesmos-com-a-esquerda-subjacente. Acesso em: 10 dez. 2019.
BARROS, Luiz Eduardo Pinto. O processo que resultou na construção de Itaipu e as consequências para os Ava-Guarani. In: Anais do XIV Simpósio Internacional Civilizadores: Civilidade, Fronteira e Diversidade. Dourados: UFGD, 2012.
BASS, Bruno Stankevicius. É ele o maior latifundiário brasileiro no Paraguai: Tranquilo Favero. De Olho no Paraguai, 16 ago. 2018. Disponível em: https://deolhonosruralistas.com.br/deolhonoparaguai/2018/08/16/o-rei-da-soja-tranquilo-favero-protagoniza-conflitos-no-paraguai/. Acesso em: 10 dez. 2019.
BETIM, Felipe; CARNERI, Santi. Ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes é alvo da Lava Jato no Rio. El País, São Paulo / Assunção. 19 nov. 2019. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2019/11/19/politica/1574165746_266056.html. Acesso em 09 dez. 2019.
BRANT, Danielle. Paraguai rejeita tributar mais o cigarro e reabre discussão sobre contrabando. Folha de São Paulo, Brasília, 2 jun. 2019. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/06/paraguai-rejeita-tributar-mais-o-cigarro-e-reabre-discussao-sobre-contrabando.shtml. Acesso em: 5 dez. 2019.
BRASIL. Ministério da Saúde-Instituto Nacional do Câncer. Observatório da Política Nacional de Controle do Tabaco-Preços e Impostos. 12 jun. 2019. Disponível em: https://www.inca.gov.br/observatorio-da-politica-nacional-de-controle-do-tabaco/precos-e-impostos. Acesso em: 04 dez. 2019.
BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Intercâmbio comercial do agronegócio. Paraguai (2014). Disponível em: www.agricultura.gov.br. Acesso em: 21 out. 2019.
CARNEIRO, Camilo Pereira; SANTAGADA, Salvatore. O movimento migratório dos gaúchos: impactos culturais e econômicos nos territórios de destino. In: Anais do III Seminário Internacional dos Espaços de Fronteira. Encarnación: Universidad Nacional de Itapúa, 2015. 14 p.
CARNEIRO, Camilo Pereira. Processos de Transfronteirização na Bacia do Prata: a tríplice fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai. 2013. 255 f. Tese (Doutorado) - Curso de Geografia, Posgea, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013. Disponível em: https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/88615/000912864.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 03 set. 2019.
CARNEIRO, Camilo Pereira. Fronteiras Irmãs: Transfronteirização na Bacia do Prata. Porto Alegre: Ideograf, 2016.
CARNERI, Santi. Presidente do Paraguai renúncia à reeleição para acabar com crise política. El País, Assunção, 18 abr. 2017. Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2017/04/17/internacional/1492460014_488719.html. Acesso em 9 dez. 2019.
CERVENY, Ceneide M. de Oliveira; MELO, Célia Maria da Silva; NEGRISOLI, Silvia; PIOLA, Maria Aparecida Gomes. Resenha Bibliográfica O Homem e seus Genes. In: Revista Científica Eletrônica de Psicologia. n. 11, 6 p. nov. 2008.
COMCIÊNCIA (Brasil). Espaço brasiguaio: novas práticas coloniais. 2001. Disponível em: http://www.comciencia.br/dossies-1-72/reportagens/migracoes/migr10.htm. Acesso em: 6 dez. 2019.
COSTA, Alexandre Barros da; SILVA , Micael Alvino da. As Relações Brasil-Paraguai e os Crimes Transnacionais na Tríplice Fronteira: Comércio e Cooperação Internacional. In: Anais do I Seminário da Pós-Graduação das Relações Internacionais Contemporâneas. Foz do Iguaçu: UNILA, 2017.
CUEVAS, Liz Carolina Yegros; SOLDA, Maristela. Pensar o “brasiguaio” como um terceiro sujeito fronteiriço: uma identidade em construção. In: Revista Contribuciones a las Ciencias Sociales, abr/jun. 2016. Disponível em: http://www.eumed.net/rev/cccss/2016/02/pensar.html. Acesso em: 31 jan. 2020.
GIRALDI, Renata. Segurança para os brasiguaios está garantida não só em palavras, diz ministro. EXAME. 24 jun. 2012. Disponível em: https://exame.abril.com.br/brasil/seguranca-para-os-brasiguaios-esta-garantida-nao-so-em-palavras-diz-ministro/. Acesso em: 1 fev. 2020.
GUIMARÃES, Arthur. Ex-presidente do Paraguai Horacio Cartes pede para ser investigado no próprio país. G1, 25 nov. 2019. Disponível em: https://g1.globo.com/mundo/noticia/2019/11/25/ex-presidente-do-paraguai-horacio-cartes-pede-para-ser-investigado-no-proprio-pais.ghtml. Acesso em: 09 dez. 2019.
HAESBAERT, Rogério da Costa. O mito da desterritorialização: do “fim dos territórios” à multiterritorialidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004.
INSTITUTO OBSERVATÓRIO SOCIAL. Empresas maquiladoras paraguaias: panorama geral e investimentos brasileiros no setor. São Paulo: Instituto Observatório Social, 2017.
ITAIPU BINACIONAL. Geração de energia. Disponível em: https://www.itaipu.gov.br/energia/geracao. Acesso em: 23 out. 2018.
JACQUARD, ALBERT. O Homem e seus genes. Tradução Joaquim Nogueira Gil Portugal; Flammarion,1994.
JUNIOR, Valdemar João Wesz Junior. O mercado da soja no Paraguai: expansão, consolidação e momento atual. In: Anais do XXXI Congresso Alas. Montevidéu: Unila, 2017.
KNOEMA. PARAGUAI. Disponível em: https://pt.knoema.com/search?query=paraguai&pageIndex=&scope=&term=&correct=&source=Header. Acesso em: 2 fev. 2020.
LIA, Cristine Fortes; RADÜNZ, Roberto. Os processos imigratórios dos séculos XIX e XX: diálogos entre o saber acadêmico e a Educação Básica. In: Educar em Revista. n. 61, p. 257-272, jul./set. 2016.
MCDERMOTT, JEREMY. Ejército del Pueblo Paraguayo, ¿un nuevo grupo insurgente o simples bandidos?. In: Programa de Cooperación en Seguridad Regional Friedrich-Ebert-Stiftung (FES). Bogotá: Friedrich Ebert Stiftung, 2015. Disponível em: https://library.fes.de/pdf-files/bueros/la-seguridad/11154.pdf. Acesso em: 12 dez. 2019.
OLIVEIRA, Cleverson. Políticas governamentais do Brasil e do Paraguai: Imigração brasileira em direção ao Paraguai. In: Anais do I Seminário Internacional dos Espaços de Fronteira. Marechal Cândido Rondon: UNIOESTE, 2011.
OXFAM. Privilegios que niegan derechos: Desigualdad extrema y secuestro de la democracia en América Latina y el Caribe. OXFAM, 30 set. 2015. Disponível em: https://www-cdn.oxfam.org/s3fs-public/file_attachments/reporte_iguales-oxfambr.pdf. Acesso em: 2 fev. 2020
PARO, Denise. Presidente do Paraguai dá garantias de segurança aos brasiguaios. Gazeta do Povo, 17 jul 2012. Disponíve em: https://www.gazetadopovo.com.br/mundo/presidente-do-paraguai-da-garantias-de-seguranca-aos-brasiguaios-3fgh0d8989cfd3x3obbc3ute6/amp/. Acesso em: 1 fev. 2020.
PNUD PARAGUAY. Desigualdad social ubica a Paraguay en el grupo de desarrollo humano medio. 18 jul. 2019. Disponível em: https://www.py.undp.org/content/paraguay/es/home/presscenter/pressreleases/2019/PNUD-prepara-nuevo-informe-de-desarrollo-humano.html. Acesso em: 2 fev. 2020.
SANTOS, Fabio Luis Barbosa dos. A problemática brasiguaia e os dilemas da projeção regional brasileira. In: Revista Polis [Online]. 39 | 2014. Disopnível em: http://journals.openedition.org/polis/10410. Acesso em: 6 dez. 2019.
SEGALLA, Amauri. Empresários trocam o Brasil pelo Paraguai. Estado de Minas, 16 mar. 2018. Disponível em: https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2018/03/16/internas_economia,944512/empresarios-trocam-o-brasil-pelo-paraguai.shtml. Acesso em: 26 jan. 2020.
SILVA, Graziano Uchoa P. da; FILHO, Pio Penna. A ditadura paraguaia: os movimentos 14 de Mayo e FULNA e a insurgência contra a repressão de Stroessner (1954-1961). In: Anais do ANPUH - XXV Simpósio Nacional de História. Fortaleza, 2009.
SILVA, Kamila. A participação dos brasileiros na crise política do Paraguai: uma análise a partir do governo de Fernando Lugo. In: Fronteiras. Dourados, MS, v.15, n.26, 2013.
SILVA, Maria Aparecida de Moraes; MELO, Beatriz Medeiros de. Brasileiros no Exterior, a história dos Brasiguaios – Soja: a expansão dos negócios. Laboratório de Demografia e Estudos Populacionais, Juiz de Fora, 28 fev. 2010. Disponível em: https://www.ufjf.br/ladem/2010/02/28/brasileiros-no-exterior-regaste-historico-dos-brasiguaios-soja-a-expansao-dos-negocios/. Acesso em: 2 dez. 2019.
SILVEIRA, Claudia Vera da; MISSIO, Fabrício José; VIEIRA, Rosele Marques. Relações de trabalho na formação histórico-econômica no Paraguai. In: História econômica & história de empresas vol. 20 n. 2 (2017), 295-322.
SOUCHAUD, Sylvain. Nouveaux espaces en amérique du sud: la frontière paraguayo-brésilienne. In: Mappemonde vol. 61 p.19-23 (2001.1).
SPUTNIK BRASIL. Empresas brasileiras vão para o Paraguai por ‘sobrevivência’, diz consultor. 5 mai. 2018. Disponível em: https://br.sputniknews.com/americas/2018030510667159-empresas-brasileiras-paraguai-sobrevivencia-maquila-maquiladoras/. Acesso em: 26 jan. 2020.
Publicado
2020-07-10
Como Citar
Carneiro Filho, C. P., Santos, J. A. dos, & Vanderlei, M. L. N. (2020). OS BRASIGUAIOS E SUA INFLUÊNCIA POLÍTICA E ECONÔMICA NO PARAGUAI: RACISMO E NACIONALISMO NO MERCOSUL DO SÉCULO XXI: The Brasiguaios and their political and economic influence in Paraguay: racism and nationalism in Mercosur of the 21st century . REVISTA GEONORTE, 11(37), 132-153. https://doi.org/10.21170/geonorte.2020.V.11.N.37.132.154
Seção
Artigos