DETECÇÃO DAS OCORRÊNCIAS DE FOCOS DE QUEIMADAS E PRODUÇÃO DE MAPAS DE CALOR EM TIMON, MA

Detection of burnt focuses and heat map production in Timon, MA

  • Rafael Jose Marques Universidade Federal do Piaui - UFPI
  • Werton Francisco Rios da Costa Sobrinho Universidade Estadual do Piaui - UESPI
Palavras-chave: Mapeamento; Geoprocessamento; Timon.

Resumo

O Brasil atualmente passa por uma expansão nas atividades do agronegócio e ao mesmo tempo, mantém as pequenas atividades agrícolas que permanecem ativas, e ambas as atividades ainda se utilizam da técnica mais rudimentar de limpeza de área para plantio e ou para pasto para criação de animal, a prática do fogo, a queimada. Neste âmbito, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) vem cada vez mais sendo relevante com um sistema de detecção de queimadas a partir de imagens de sensores a bordo de satélites polares e geoestacionários. Assim, os chamados focos de calor são detectados e esses dados são utilizados para mapeamentos, controle e prevenção. Neste sentido este trabalho pretende trazer dados das ocorrências no município de Timon (MA), entre os anos de 2014 a 2018, e nestes 5 (cinco) anos foram detectados cerca de 6.405 mil focos de queimadas, identificados pelo INPE. O conhecimento das causas e da frequência desses ocorridos é de extrema importância, principalmente levando-se em consideração que o ponto de partida para a elaboração dos planos de prevenção, é saber quem (ou o que) iniciou o fogo. Assim, este trabalho propõe validar e entender a relação dos focos de calor obtidos pelo INPE e queimadas realmente ocorridas, do município. Analisando os focos de calor disponibilizados pelo INPE.

Biografia do Autor

Rafael Jose Marques, Universidade Federal do Piaui - UFPI

Universidade Federal do Piaui - UFPI - Mestrando em Geografia

Werton Francisco Rios da Costa Sobrinho, Universidade Estadual do Piaui - UESPI

Professor Assistente I - Universidade Estadual do Piaui - UESPI

Referências

BRITO, L. C.; Furtado, M. S.; Feitosa, A.C. Impactos ambientais da monocultura da soja no município de Balsas-MA. In: X Simpósio Brasileiro de Geografia Física Aplicada. Rio de Janeiro, UERJ, 2003.

FERREIRA, N. J. et. al. Aplicações Ambientais Brasileiras dos Satélites NOAA e TIROS-N. São Paulo: Oficina de Textos, 2004, 271p.

GERUDE, Rafael. G. Focos de queimadas em áreas protegidas do Maranhão entre 2008 e 2012. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto (SBSR), 16, 2013, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu: INPE: 2013.

GONTIJO, G. A. B., ALLAN A. P., EVERTON D. S. O., FAUSTO W. A. J. Detecção de queimadas e validação de focos de calor utilizando produtos de Sensoriamento Remoto. Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto – SBSR, Curitiba, PR, Brasil, 30 de abril a 05 de maio de 2011, INPE, 7966 p.

GONÇALVES J, S. A prática da queimada no saber tradicional e na concepção científica de risco: estudo sobre o uso do fogo por pequenos produtores do Norte de Minas Gerais. Viçosa: UFV; 2005. 139 p.

IBGE - Instituto brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2010 e Estimada populacional 2019. Rio de Janeiro. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ma/timon/panorama. Acesso em: 10 set.2019.

INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Banco de Dados de queimadas. Disponível em: http://queimadas.dgi.inpe.br/queimadas/bdqueimadas. Acesso em: 31 de agosto. 2019.

IMESC - Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos-IMESC. Relatório de Queimadas Maranhenses. Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos-IMESC. v.2, n.1, jan./dez. – São Luís: IMESC, 2018.

IMESC - Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos. Análise da seca e estiagem Maranhense. 2016. Disponível em: http://seer.cgee.org.br/index.php/parcerias_estrategicas/article/viewFile/848/776.Acesso em: 02 de set. de 2019.
Publicado
2020-07-17
Como Citar
Marques, R. J., & Sobrinho, W. F. R. da C. (2020). DETECÇÃO DAS OCORRÊNCIAS DE FOCOS DE QUEIMADAS E PRODUÇÃO DE MAPAS DE CALOR EM TIMON, MA: Detection of burnt focuses and heat map production in Timon, MA. REVISTA GEONORTE, 11(37), 210-228. https://doi.org/10.21170/geonorte.2020.V.11.N.37.210.228
Seção
Artigos