TEMPERATURAS NA ZONA URBANA E NA ZONA RURAL NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ-RN

Autores

  • Ana Luiza Bezerra da Costa Saraiva
  • Cláudia Câmara Vale
  • Maria Elisa Zanella

Resumo

Devido ao aumento populacional e ao crescimento das atividades econômicas a área citadina do
município de Mossoró-RN vem vivenciando uma expansão da malha urbana. Diante desse contexto
esse trabalho tem como objetivo principal conhecer a dinâmica atual do campo térmico da cidade de
Mossoró-RN por meio da análise de dados simultâneos de temperatura do ar em 6 pontos (sendo 5 na
zona urbana e 1 na zona rural) ao longo de 24 horas, coletados no outono de 2012, durante o mês de
abril. Para o trabalho de campo foi utilizada a metodologia elaborada por Mendonça (MONTEIRO;
MENDONÇA, 2003), baseado no Sistema Clima Urbano de Monteiro (1976) para o estudo do clima
urbano de cidades de porte médio e pequeno. Às 12h do dia 06/04/2012 foi encontrada a maior
amplitude térmica horária, de 7,9°C, sendo classificada com uma ilha de calor muito forte (GARCIA,
1993). É a partir das 7h da manhã que as amplitudes térmicas começam a aumentar significativamente.
Associamos os resultados obtidos aos padrões de uso e ocupação da terra das áreas estudadas, visto
que as características da área urbana influenciam as altas temperaturas, diferente da zona rural e de
áreas urbanas bem arborizadas e com disponibilidade hídrica, como no P01 – Bairro Ilha de Santa
Luzia e P04 – Bairro Abolição.

Downloads

Publicado

2012-10-06

Como Citar

Costa Saraiva, A. L. B. da, Câmara Vale, C., & Elisa Zanella, M. (2012). TEMPERATURAS NA ZONA URBANA E NA ZONA RURAL NO MUNICÍPIO DE MOSSORÓ-RN. REVISTA GEONORTE, 3(9), 600 –. Recuperado de //periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2519