EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS NA AMAZÔNIA E SUAS IMPLICAÇÕES NO MUNICÍPIO DE MANAQUIRI (AM)

  • Valter Paulo de Oliveira
  • Marcela Vieira Pereira Mafra
  • Ana Paulina Aguiar Soares

Resumo

Introdução: A Amazônia vive ano após ano a dinâmica de secas e cheias dos rios. No cotidiano do homem
amazônida esse processo é encarado com naturalidade, pois este aprendeu a adaptar-se de forma sábia a
variabilidade sazonal dos rios da região. Porém, este processo foi alterado em decorrência dos eventos
climáticos ocorridos na primeira década do século XXI; Objetivos: Identificar quais são as conseqüências
ambientais, sociais e econômicas da estiagem e enchente severas às comunidades ribeirinhas do município
de Manaquiri (AM) e analisar quais os mecanismos utilizados para tentar mitigar os impactos produzidos
por esses eventos climáticos; Metodologia: Utilizou-se o método dedutivo e a pesquisa de caráter
exploratório e descritiva, com visitas in lócus nas comunidades e realização de entrevistas semiestruturadas;
Considerações Finais: A pesquisa indica que apesar das dificuldades sofridas co m a vazante
e a enchente o ribeiro não abandona sua terra e cria estratégias para superar as adversidades impostas pela
natureza, mas é necessário estabelecer estratégias preventivas para mitigar o sofrimento do ribeirinho
durante esses episódios severos.

Publicado
2012-10-06
Como Citar
Oliveira, V. P. de, Mafra, M. V. P., & Aguiar Soares, A. P. (2012). EVENTOS CLIMÁTICOS EXTREMOS NA AMAZÔNIA E SUAS IMPLICAÇÕES NO MUNICÍPIO DE MANAQUIRI (AM). REVISTA GEONORTE, 3(8), 977 -. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2448