ESTUDO DOS IMPACTOS PLUVIOMÉTRICOS E OS EVENTOS EXTREMOS NO MUNICÍPIO DE CRATO – CE

  • Denise da Silva Brito
  • Juliana Maria Oliveira Silva

Resumo

Este trabalho evidencia a ocorrência de eventos extremos causados por precipitações na cidade do
Crato, município do Estado do Ceará. A metodologia utilizada foi a do S.C.U. (Sistema Clima
Urbano) proposta por MONTEIRO (2003) tomando como meio principal de análise o canal de
percepção impacto meteórico (Subsistema Hidrodinâmico). Também foram utilizadas imagens de
satélite adquiridas pelo CPTEC/INPE, dados pluviométricos da FUNCEME (Fundação Cearense de
Meteorologia e Recursos Hídricos), notícias de jornais. Os dois principais eventos pluviométricos de
grande significativa para o município foi o que ocorreu em janeiro de 2011 causado por um sistema de
baixa pressão e as CCM’s (Complexos Convectivos de Meso Escala) o que originou à quebra do canal
do rio Grangeiro, a inundação do centro da cidade, os acessos aos distritos do Crato também foram
bloqueados devido a inundação do rio. Em março de 2012, outro evento ocasionado pela Zona de
Convergência Intertropical (ZCIT) novamente causou impactos no município como inundações,
alagamentos e uma parte que foi reconstruída do canal do Grangeiro veio a ser danificada.

Publicado
2012-10-06
Como Citar
Silva Brito, D. da, & Oliveira Silva, J. M. (2012). ESTUDO DOS IMPACTOS PLUVIOMÉTRICOS E OS EVENTOS EXTREMOS NO MUNICÍPIO DE CRATO – CE. REVISTA GEONORTE, 3(8), 964 -. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2447