MUDANÇAS CLIMÁTICAS GLOBAIS: UMA QUESTÃO DE ESCALA

Autores

  • Paulo Cesar Zangalli Junior
  • João Lima Sant’Anna Neto

Palavras-chave:

Mudança Climática, Escala, Geografia do Clima.

Resumo

Este trabalho tem o intuito de debater a questão da escala na perspectiva dos discursos das mudanças
climáticas globais. A questão da escala é algo ainda pouco debatido e tem fundamental importância
para compreensão real do problema, uma vez que somente com uma relação interescalar pode-se
compreender e contribuir de fato para o debate sobre as questões referentes às mudanças climáticas. O
problema da escala neste trabalho foi debatido através de elementos da compreensão de uma análise
geográfica do clima, e elucidada através da modelagem climática global encontrada em artigos
científicos publicados no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2008 nos periódicos “Theoretical
and Applied Climatology” e “Climatic Change”. Conclui-se que os modelos de simulação do clima
são falhos, pois necessitam dessa relação multiescalar ainda pouca realizada, além de que extrapolar o
discurso para a escala global é desviar o foco dos reais problemas climáticos e suas repercussões
espaciais buscando reafirmar um modelo de produção hegemônico, através de um discurso único e
globalizado.

Biografia do Autor

Paulo Cesar Zangalli Junior

UFAM

Downloads

Publicado

2012-10-06

Como Citar

Zangalli Junior, P. C., & Sant’Anna Neto, J. L. (2012). MUDANÇAS CLIMÁTICAS GLOBAIS: UMA QUESTÃO DE ESCALA. REVISTA GEONORTE, 3(8), 619 –. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2399