O USO DE SENSORIAMENTO REMOTO PARA ANALISE DO CAMPO TÉRMICO DA SUPERFÍCIE URBANA COMPLETA DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA (ES)

Autores

  • Schirley Holz
  • Rodrigo Borrego Lorena

Palavras-chave:

Sensoriamento Remoto. Campo Térmico. Urbanização. Vitória.

Resumo

A urbanização é um processo que promove mudanças no balanço de radiação da Terra, ocasionandovariações térmicas entre campo e a cidade e no sítio urbano. Em função das mudanças promovidaspela urbanização no campo térmico, esse estudo foi desenvolvido no município de Vitória no Estadodo Espírito Santo, para analisar o seu campo térmico da superfície urbana completa (TSUC). Para talfinalidade, foi utilizado a imagem de satélite TM/Landsat5, banda 6, orbita de ponto 215/074, de14/07/2011 e, fotografias aéreas em conjunto com documentos criados a partir do plano diretor dacidade para o mapeamento de uso e ocupação da terra da cidade de Vitória. Uma vez obtida a imageme as fotografias aéreas, foi utilizado o programa SPRING para manuseio e obtenção dos dados detemperatura. Os resultados apontaram que as maiores temperaturas médias estão associadas à classeIndustrial e Área Livre. Já as classes Área Verde e Residencial/Assentamentos Precários apresentaramas menores temperaturas médias. A variação espacial da temperatura de Vitória foi de 3,56ºC,indicando, a formação de Ilha de Calor. Por fim, verificou-se que a imagem de satélite gratuitautilizada nesse trabalho, é uma importante ferramenta de análise do campo térmico na escala regional,contribuindo para ações de planejamento ambiental.

Downloads

Publicado

2012-11-12

Como Citar

Holz, S., & Borrego Lorena, R. (2012). O USO DE SENSORIAMENTO REMOTO PARA ANALISE DO CAMPO TÉRMICO DA SUPERFÍCIE URBANA COMPLETA DO MUNICÍPIO DE VITÓRIA (ES). REVISTA GEONORTE, 3(5), 1674 –. Recuperado de //periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2223