GEOMORFOGÊNESE DO COMPARTIMENTO LITORÂNEO DO PLANALTO CRISTALINO DA BAHIA, BRASIL: UMA HIPÓTESE SOBRE A EVOLUÇÃO DO RELEVO COSTEIRO DO MUNICÍPIO DE ITACARÉ

Autores

  • Paulo Fernando Meliani

Palavras-chave:

Geomorfogênese, Planalto Cristalino, Relevo Costeiro, Bahia, Itacaré.

Resumo

Este estudo apresenta alguns dos resultados de pesquisas geomorfológicas sobre o litoral de Itacaré, município do Sul da Bahia que, desde os anos 1990, tem produzido em seu território, notadamente no distrito-sede e no litoral Sul, transformações sócio-espaciais significativas em função da inserção da economia do turismo. Em Itacaré, o contato do Planalto Cristalino com o mar estabelece a formação de um relevo elevado ao longo do litoral Sul do município, onde a costa é dominantemente rochosa com praias melhor desenvolvidas somente junto à foz dos pequenos rios costeiros. Este compartimento planáltico, que encontra o oceano em Itacaré, se constitui num litoral de elevado valor paisagístico e ecológico, em função dos remanescentes primários da floresta tropical atlântica (Mata Atlântica) que ainda recobrem muitos dos morros, além do fato de alguns dos rios costeiros terem captada parte de suas águas para o abastecimento público da turística cidade de Itacaré. O objetivo do estudo foi o de elaborar uma hipótese sobre a origem e a evolução do relevo deste compartimento planáltico, a partir do conhecimento existente sobre a geomorfologia regional e de uma análise setorial mais detalhada do relevo costeiro de Itacaré. A pesquisa contou com uma exaustiva revisão de literatura, uma análise do material cartográfico disponível, a interpretação de fotografias aéreas e imagens de satélite, bem como com campanhas de campo para controle, registro de informações e coletas de amostras de rochas e formações superficiais. Os resultados são uma compilação de informações sobre o conhecimento geomorfológico regional, além de uma proposta de setorização do relevo costeiro de Itacaré, que considerou haver dois setores costeiros distintos em função das características hidrográficas, estruturais e dos modelados. As considerações a respeito da geomorfogênese, apresentadas a guisa de conclusão, procuram interpretar os diferentes fatos geomorfológicos no sentido da elaboração de uma hipótese sobre a origem e a evolução das atuais formas de relevo deste compartimento planáltico costeiro da Bahia.

Downloads

Publicado

2012-11-12

Como Citar

Fernando Meliani, P. (2012). GEOMORFOGÊNESE DO COMPARTIMENTO LITORÂNEO DO PLANALTO CRISTALINO DA BAHIA, BRASIL: UMA HIPÓTESE SOBRE A EVOLUÇÃO DO RELEVO COSTEIRO DO MUNICÍPIO DE ITACARÉ. REVISTA GEONORTE, 3(5), 498 –. Recuperado de //periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/2102