DEGRADAÇÃO E RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES NA AMAZONIA ORIENTAL PARAENSE. (BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO IRITUIA NO MUNICIPIO DE IRITUIA – PARÁ).

  • Sheyla Renata da Silva do Carmo
Palavras-chave: desmatamento, mata ciliar, município de Irituia e recuperação vegetal.

Resumo

As matas ciliares são áreas de preservação permanente, segundo o Código Florestal (Lei 4771/65), edesempenham importantes funções ambientais e sociais. A paisagem de mata ciliar promoveinúmeros benefícios ao meio ambiente, sua retirada parcial ou total acarreta em um desequilíbrio nadinâmica desse ecossistema. Essa vegetação funciona como barreira natural protegendo os recursoshídricos. No município de Irituia, localizado no nordeste do Estado do Pará, a retirada da mata ciliartem ocasionado sérios problemas ambientais e socioeconômicos, como o assoreamento de rios,isolamento das comunidades, prejuízo causados com as constantes enchentes entre outros. O objetivodesta pesquisa é conhecer o processo de desmatamento e degradação das matas ciliares da baciahidrográfica do Rio Irituia no município de Irituia - Pará e propor a recomposição das matas ciliarescom potencial a serem recuperadas. Um diagnostico sócio ambiental foi realizado para acaracterização da paisagem nas últimas décadas e atividades como agricultura e retiradaindiscriminada de recursos naturais do ambiente ciliar resultaram em um cenário progressivo dedegradação. A população local juntamente com o poder público municipal, reconhecem o danoambiental e social causado nas diversas comunidades do município com anos de desmatamento. Nacomunidade rural de Santa Luzia, grandes avanços podem ser percebidos através da conscientizaçãoda população local que a partir da proposta de recomposição articulada a educação ambiental,desenvolveram um viveiro de espécies florestais nativas. Atualmente, órgãos públicos e sociedadecivil, buscam instrumentos legais e ações sócio educacionais para reverter o quadro de degradação epropor a recuperação desta importante formação vegetal.
Publicado
2012-11-16
Como Citar
Carmo, S. R. da S. do. (2012). DEGRADAÇÃO E RECUPERAÇÃO DE MATAS CILIARES NA AMAZONIA ORIENTAL PARAENSE. (BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO IRITUIA NO MUNICIPIO DE IRITUIA – PARÁ). REVISTA GEONORTE, 3(6), 803 - 813. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1989