AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE VALORIZAÇÃO DOS ECOSSISTEMAS FLUVIAIS – APLICAÇÃO AO CASO DE ESTUDO DO RIO AVE

  • Francisco da Silva Costa
  • Joaquim Mamede Alonso
Palavras-chave: Espaços ribeirinhos, recreio e lazer, produção primária, produção de energia, conservação.

Resumo

A qualidade de vida depende da forma como o espaço se encontra organizado e articulado com asacessibilidades, os equipamentos e as atividades primárias, assumindo, cada vez maior importância, asintervenções territoriais integradas, que minimizem os impactes do abandono e das alterações no usodo solo.O presente trabalho de investigação tem como objetivos aferir o potencial de valorização de espaçosribeirinhos do rio Ave, para diferentes tipologias de usos/funções e desenvolver propostas deintervenção, de acordo com o potencial de valorização de cada local. Com base nestes objetivos eaplicando métodos alicerçados na recolha e análise da informação existente, registos e investigação decampo, assim como o recurso a ferramentas de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) e Sistemasde Indicadores, concluiu-se que os locais analisados, assim como o rio Ave, apresentam um elevadopotencial de valorização para diferentes tipologias de usos/funções.A avaliação do potencial de valorização por tipologia de uso/função, para os locais analisados, permiteidentificar três áreas fundamentais: (i) o troço correspondente ao Alto Ave devido ao patrimónionatural e qualidade ambiental de inigualável valor; (ii) o troço correspondente ao Médio Ave pelaproximidade de locais com interesse patrimonial, uso atual, proximidade de públicos-alvo e excelentesacessibilidades, que conferem a estes locais um significativo potencial de utilização e (iii) o troçocorrespondente ao início do estuário do Ave, destacando-se ainda pelas especificidades paisagísticasconferidas pela sua situação geográfica relativamente ao rio.
Publicado
2012-11-16
Como Citar
Silva Costa, F. da, & Mamede Alonso, J. (2012). AVALIAÇÃO DO POTENCIAL DE VALORIZAÇÃO DOS ECOSSISTEMAS FLUVIAIS – APLICAÇÃO AO CASO DE ESTUDO DO RIO AVE. REVISTA GEONORTE, 3(6), 643 - 655. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1977