RISCO E VULNERABILIDADE DA POPULAÇÃO URBANA RESIDENTE NA BORDA DO PLANALTO DE MARÍLIA (SP)

Autores

  • Laila Regina Cardoso

Resumo

Em nossa atual sociedade faz-se necessário o estudo da urbanização e vulnerabilidade para se compreender este fenômeno e ao mesmo tempo diagnosticar eventuais riscos, tanto da ordem ambiental quanto social que ocorre nas cidades. Justifica-se a escolha do tema porque se julga importante o diagnostico dos riscos são causados pela urbanização irregular no município de Marília (SP) que acarreta riscos ambientais onde há a degradação da vegetação, a saúde e segurança da população de determinados bairros. Tendo como objetivo a discussão da vulnerabilidade e dos riscos nestes bairros localizados a beira do planalto de Marília onde a ocupação urbana acontece de maneira irregular e consecutivamente esta população torna-se mais vulnerável; trazendo para debate a questão da degradação do meio ambiente e da população ali residente. Sendo coletadas informações sobre o local e algumas visitas técnicas, chegando-se ao diagnostico que esta população alem de carente de todos os serviços básicos que deveriam ser oferecidos pela prefeitura, ainda correm um risco extra potencializados pela sua localização a beira do planalto.

Downloads

Publicado

2012-12-05

Como Citar

Regina Cardoso, L. (2012). RISCO E VULNERABILIDADE DA POPULAÇÃO URBANA RESIDENTE NA BORDA DO PLANALTO DE MARÍLIA (SP). REVISTA GEONORTE, 3(4), 974–984. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1890