MAPEAMENTO DAS SUPERFÍCIES LATERÍTICAS DE FERRO NA REGIÃO DA SERRA DO CARAÇA E CORRELAÇÕES ALTIMÉTRICAS – LESTE DO QUADRILÁTERO FERRÍFERO/MG

  • F.A. Leonardi,
  • F.S.B. Ladeira,
Palavras-chave: Geomorfologia

Resumo

Neste trabalho mapeou-se a superfície laterítica de ferro na região da Serra do Caraça, a 900m de altitude, inferindo-se correlações altimétricas desta com as áreas adjacentes. Os resultados apontam para dois momentos de formação da superfície: a) os depósitos de clastos de itabirito, que recobrem os sedimentos finos da bacia de Fonseca, indicando um momento de alta energia em um leque aluvial; b) formação de espesso manto de ferricrete que afetam estes depósitos.
Publicado
2014-01-12
Como Citar
Leonardi, F., & Ladeira, F. (2014). MAPEAMENTO DAS SUPERFÍCIES LATERÍTICAS DE FERRO NA REGIÃO DA SERRA DO CARAÇA E CORRELAÇÕES ALTIMÉTRICAS – LESTE DO QUADRILÁTERO FERRÍFERO/MG. REVISTA GEONORTE, 5(21), 100 - 104. Recuperado de https://periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1500