O memorial como instrumento de construção da profissionalidade para o magistério

  • Aldenei Bentes Vieira
  • Maria Olinda Sousa Pimentel Universidade Federal do Pará

Resumo

O memorial como instrumento de avaliação qualitativa em um curso à distância, é foco deste texto. A especificidade do curso - decorrente de política emergencial de qualificação de docentes para o trabalho em turmas de Educação Infantil, nos convida à reflexão, dado o alcance a estados e municípios, que dependem dessas políticas para a formação de quadros de profissionais. A abordagem do memorial sob a teoria da ação reflexiva, tem no cerne a valorização do pensamento do professor, como sujeito de sua trajetória. A análise contextualizada dos documentos nos possibilita visão longitudinal das impressões de uma professora/cursista em formação.

Palavras-chave: memorial; formação docente; avaliação qualitativa; pensamento do professor.

Publicado
2014-02-05