OS SENTIDOS DA ATRATIVIDADE FÍSICA EM PESSOAS IDOSAS: UM ESTUDO DE CASO FENOMENAL

  • Normando José Queiroz Viana Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará – UNIFESSPA
  • Alexsandro Medeiros do Nascimento Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
  • Epitácio Nunes de Souza Neto
  • José Hugo Gonçalves Magalhães Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
  • Antonio Roazzi Universidade Federal de Pernambuco - UFPE

Resumo

Este estudo objetivou levantar as categorias êmicas da atratividade física em pessoas idosas e perceber como estas se relacionam e são impactadas pelos standards em vigor na sociedade. Sobre os aspectos metodológicos, foi realizado um estudo de caso fenomenal com um participante idoso do sexo feminino integrante de grupo de convivência de pessoas idosas em Recife/PE. Para coleta de dados foi utilizado como instrumento o roteiro de Entrevista Fenomenológico-Cognitiva dos Estados Autoconscientes – EFEA. Os resultados apontam para uma apreciação da atratividade física organizada a partir de diferentes categorias: “Corpo higienizado”, “Corpo belo”, “Corpo adornado” e “Porções corporais”. Tal estudo representa um esforço em dar visibilidade à dimensão da atratividade, aspecto fulcral da subjetividade, em especial, na forma como esta é concebida e experienciada entre o segmento etário das pessoas idosas.

Palavras-chave: atratividade; autoconsciência; fenomenologia; pessoas idosas; standards.

 

Publicado
2020-07-30

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>