A escola de educação como eixo integrador da Universidade do Distrito Federal (1935-1939)

Resumo

Este estudo investiga o primeiro espaço institucional na cidade do Rio de Janeiro para formar professores de todos os níveis de ensino em cursos superiores universitários: a Universidade do Distrito Federal, que, apesar da breve existência (1935-1939), teve o propósito de formar docentes qualificados para atuar na rede escolar da capital do país. A realização dessa proposta contou com a experiência do educador Anísio Teixeira à frente da Diretoria Geral da Instrução Pública do Distrito Federal (1931-35), cuja atuação representou a tentativa de viabilizar um ambicioso projeto educacional, verdadeiro sistema autônomo, público e integral de ensino que abarcasse da escola primária à universidade. O eixo de tal projeto materializou-se com a criação de uma Escola de Educação que procurava integrar as diversas dimensões da formação docente, articulando teoria e prática. Porém, o encerramento dessa experiência em 1939 determinou o retorno da formação dos professores primários no curso do Instituto de Educação e escolas normais, em nível secundário, enquanto os professores secundários adquiriram formação específica efetuada em quatro anos na Faculdade Nacional de Filosofia, sendo os três primeiros inteiramente dedicados aos estudos específicos, acrescidos de um quarto ano de complementação pedagógica, ministrada pelo Departamento de Didática. Tal modelo, conhecido como esquema 3 + 1, tornou-se a matriz hegemônica dos cursos que formaram docentes para a escola secundária.

Palavras-chave: Universidade do Distrito Federal; Escola de Educação; Formação de Professores.

Biografia do Autor

Sonia de Castro Lopes, Universidade Federal do Rio de Janeiro- UFRJ

Professora do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Doutora em Educação Brasileira pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2003) com estágio pós-doutoral em História da Educação pela Universidade de Lisboa (2009-2010). Mestre em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1998), Bacharel e Licenciada em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pesquisadora e atual vice-coordenadora do Programa de Estudos e Documentação Educação e Sociedade (PROEDES/UFRJ). Atua no campo da História da Educação e desenvolve pesquisas sobre formação de professores, história da profissão docente e história das instituições educacionais, tendo publicado livros e artigos sobre a temática.

Publicado
2020-07-08