Apparent metabolizable energy of residues of crabwood (Carapa guianensis) and passion fruit (Passiflora edulis) for broilers

  • Ronner Joaquim Mendonça Brasil Universidade Federal do Amazonas
  • Bernardo Berenchtein Universidade Federa do Amazonas
  • Noédson de Jesus Beltrão Machado Universidade Federal do Amazonas
  • Hugo Lennon Correa Universidade Federal do Amazonas
  • Evelyn Prestes Brito Universidade Federal do Amazonas
  • Nelma Pinheiro Fragata Universidade Federal do Amazonas
  • Jone Rodrigues da Silva Universidade Federal do Amazonas
  • Frank George Guimarães Cruz Universidade Federal do Amazonas
  • João Paulo Ferreira Rufino Universidade Federal do Amazonas

Resumo

O objetivo deste estudo foi determinar a composição química, a energia metabolizável aparente e energia metabolizável aparente corrigida por balanço de nitrogênio da dos resíduos de andiroba e maracujá em rações para frangos de corte. Foram utilizados noventa frangos da linhagem Cobb 500 (machos e fêmeas) com 21 dias de idade distribuídos em três tratamentos com seis repetições de cinco aves cada. O delineamento experimental foi em blocos inteiramente casualizados. Os frangos foram alojados em gaiolas de metabolismo individuais recebendo iluminação artificial 24 hs por dia. Dos 14 aos 21 dias de idade, foram ofertadas em período pré-experimental, sendo após este período, realizados cinco dias de coleta total das excretas. A energia bruta e a proteína bruta das dietas experimentais e das excretas foram determinados para calcular a EMA e EMAn de cada resíduo. Os dados coletados do metabolismo energético foram submetidos a analise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5% de significância. Com base na MS, a EMA e EMAn do resíduo de andiroba e de maracujá determinados neste experimento foram 1.088,50 Kcal/Kg, 1.021,95 Kcal/Kg, 1.031,35 Kcal/Kg e 1.101,75 Kcal/Kg, respectivamente. A partir destes resultados, concluiu-se que os resíduos de andiroba e maracujá podem ser utilizados em rações para frangos de corte. Estes subprodutos apresentam composição química aceitável e potencial para a formulação de rações, porém, são necessários ainda estudos para avaliação do desempenho de frangos de corte alimentados com os supracitados subprodutos.

Publicado
2016-01-21
Seção
Avicultura - Nutrição

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##