Este é nosso corpo a terra: uma conversa sobre modos de cuidados Avá Guarani/Ñandeva de Porto Lindo (Jakarey) Yvy Katu.

  • Yan Leite Chaparro Universidade Federal da Grande Dourados/UFGD e Laboratório de Humanidades/LabuH
  • Eliezer Martins Rodrigues Secretaria municipal de educação de Japorã/MS
  • Josemar de Campos Maciel Universidade Católica Dom Bosco/UCDB e Laboratório de Humanidades/LabuH

Resumo

O escrito que segue é um recorte de uma pesquisa que por entre conversas sobre a noção de desenvolvimento com um pesquisador Avá Guarani/Ñandeva do território Porto Lindo (Jakarey) Yvy Katu, busca refletir sobre as complexidades sócio cosmológicas que envolve os modos de cuidado Avá Guarani/Ñandeva, ampliando o debate sobre a saúde das e nas sociedades indígenas. Seus caminhos e regimes de conhecimentos e práticas. Pois, conversar sobre a questão do desenvolvimento, consequentemente leva a pensar a saúde nos territórios indígenas.

Biografia do Autor

Yan Leite Chaparro, Universidade Federal da Grande Dourados/UFGD e Laboratório de Humanidades/LabuH

Pesquisador, foramdo em Psicologia, mestre e doutor em Desenvolvimento Local pela UCDB e pós-doutorando em Antropologia pela UFGD.

Eliezer Martins Rodrigues , Secretaria municipal de educação de Japorã/MS

Eliezer Martins Rodrigues é Avá Guarani/Ñandeva, morador do terrtório Porto Lindo (Jakarey) Yvy Katu situado no sul do Mato Grosso do sul na fronteira com o Paraguai. Pesquisador, formado em ciencias sociais pela Univerisidade Federal da Grande Dourados/UFGD e mestre em educação pela Universidade Catolica Dom Bosco/UCDB

Josemar de Campos Maciel, Universidade Católica Dom Bosco/UCDB e Laboratório de Humanidades/LabuH

Pesquisador, professor do curso de Filosofia/UCDB, e professor do programa de pós-graduação mestrado e doutorado em Desenvolvimento Local/UCDB. Coordenado do Laboratório de Humanidades/LabuH.

Publicado
2021-02-15