‘Tá grávida do que?’: (re)pensando as relações de gênero no Chá de Revelação (♀≠♂)

  • Vanessa Fonte Oliveira UFSC

Resumo

Este texto propõe abordar a reflexão da categoria gênero como facilitadora da compreensão das dinâmicas que envolvem os processos gestacionais antes da realização de festas durante a gravidez. A proposta descreve elementos etnográficos que viabilizaram o acesso a um campo festivo; os eventos ocorreram na cidade de Goiânia-GO, nos anos de 2017 a 2018. A metodologia aplicada no texto se apoia na revisão bibliográfica básica em relação à temática de gênero e nos processos festivos do campo, festas como: Chás de berço, bebê, cegonha, parto e revelação, realizadas durante a pesquisa no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social-UFG. Desse modo, este texto objetiva dialogar com a categoria de gênero como um instrumento analítico de compreensão de processos gestacionais como, por exemplo, a descoberta do sexo e a nomeação, meio pelo qual, o feto conquista externamente consciência social e adquire identidade própria na comunidade.

 

Palavras Chave: Meninas de Luz; Chá de Revelação; Gênero.

Publicado
2020-07-11