ABANDONO DE ANIMAIS NO BRASIL: CONSEQUÊNCIAS GERADAS Á SOCIEDADE

Autores

  • Carla dos Santos Duarte Instituto Federal do Amazonas/IFAM Campus Coari– Amazonas/Brasil
  • Francisca Karolina do Nascimento Queiroz Instituto Federal do Amazonas/IFAM Campus Coari– Amazonas/Brasil
  • Khaila dos Santos Rodrigues Instituto Federal do Amazonas/IFAM Campus Coari– Amazonas/Brasil
  • Orlando Silva de Souza Instituto Federal do Amazonas/IFAM Campus Coari– Amazonas/Brasil
  • Werdeson Guimarães Minguins Instituto Federal do Amazonas/IFAM Campus Coari– Amazonas/Brasil
  • Hudinilson Kendy de Lima Yamaguchi Instituto Federal do Amazonas/IFAM Campus Coari– Amazonas/Brasil

Palavras-chave:

Maus tratos, Castração, Descaso social

Resumo

Introdução: por muitos anos, animais como cães e gatos eram tidos como membros de uma família, tendo tratamentos especiais, mas com o passar do tempo a relação entre homem e animal foi desestabilizando, ao ponto de haver índices maiores de abandono e maus tratos com os animais. Objetivo: Identificar as consequências sociais do abandono de animais na sociedade brasileira. Método: Esse estudo é classificado como explicativo, com o uso de referências bibliográficas buscadas a partir de combinações de palavras, selecionadas de acordo com a relevância e atualização da informação. Resultado: Os resultados mostram que o abandono de animais traz problemas de saúde pública e ambiental afetando toda a sociedade brasileira, ocasionando principalmente a proliferação de zoonoses, ataques a pedestres e condutores devido à agressividade dos animais abandonados e a legislação em defesa dos animais. Conclusão: O abandono de animais no Brasil é um problema alarmante que atinge o todo, pois além de prejudicar o próprio animal, a sociedade também acaba sendo exposta ao perigo. O que precisa ser revisto e colocado em prática seriam políticas públicas e privadas que promovam medidas de conscientização da guarda responsável e dos problemas de saúde pública e ambiental ocasionados pelo abando. Além de campanhas de castração de animais em massa e de baixo custo a fim de controlar a população de caninos e felinos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, A. J. et al. Abandono de cães na América Latina: revisão de literatura. Revista de Educação Continuada em Medicina Veterinária e Zootecnia do CRMV-SP, São Paulo, v. 11, n. 2, p. 34-41, 2013.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE PRODUTOS PARA ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO (ABINPET). Mercado Pet Brasil 2019. Disponível em: http://abinpet.org.br/mercado/. Acesso em: 15 out. 2019.

GERALDES, D. Censo Pet: 139,3 milhões de animais de estimação no Brasil. 13 jun. 2019. Disponível em: https://www.editorastilo.com.br/censo-pet-1393-milhoes-de-animais-de-estimacao-no-brasil/. Acesso em: 13 out. 2019.

GIL, A. C. “Como classificar as pesquisas. Como elaborar projetos de pesquisa. v. 4, p. 44-45, 2002.

GONÇALVES, V. C. de S. Das consequências jurídicas ao garantir castração a animais e seu impacto sócio-econômico na saúde pública. 2016. Monografia (Curso de Bacharel em Direito). Centro Universitário Antônio Eufrásio de Toledo de Presidente Prudente, São Paulo, 2016.

JUNIOR, C. N. K.; MACHADO, J. C. E. Abandono de animais domésticos: Elaboração e implementação de sequência didática em escola pública de Embu das Artes – SP. Ciência em tela, v.11, n.1, p.1-15, 2018.

LEWGOY, B.; SORDI, C.; PINTO, L. Domesticando o humano para uma antropologia moral da proteção animal. Ilha Revista de Antropologia, v.17, n.2, p. 75-100, ago/dez 2015.

MOUTINHO, F. F. B.; DO NASCIMENTO, E. R.; PAIXÃO, R. L. Percepção da sociedade sobre a qualidade de vida e o controle populacional de cães não domiciliados. Ciência Animal Brasileira, v. 16, n. 4, p. 5744-588, 2015.

OLIVEIRA, A. B de. Índice estatístico de animais domésticos regatados da rua vs adoção. Revista Dimensão Acadêmica, v. 1, n. 2, jul-dez, p. 5-18, 2016.

OLIVEIRA, L. G. M de. Centro de acolhimento, tratamento e reintegração de animais abandonados-CATRAA. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso de Bacharelado em Arquitetura e Urbanismo) – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, campus Goytacazes Centro, Rio de Janeiro, Goytacazes, 2016

PORTAL EDUCACÃO. O abandono de animais. 09 ago. 2013. Disponível em: https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/cotidiano/o-abandono-de-animais/49783. Acesso em: 15 out. 2019.

SAMPAIO, G. R.; SILVA, F. R. C.; SALAN, M. O. Controle Populacional de caninos e felinos por meio da esterilização cirúrgica. In: IV Congresso de Extensão da UFLA–CONEX. 2009.

SCHULTZ, Silvia. Abandono de animais – A dura realidade da vida nas ruas. 16 fev. 2009. Disponível em: http://www.portalnossomundo.com/site/mais/artigos/abandono.html. Acesso em: 14 out. 2019.

SENADO FEDERAL DO BRASIL. Dê sua opinião: abandono de cães e gatos pode virar crime. 2017. Disponível em: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2017/03/15/de-sua-opiniao-abandono-de-caes-e-gatos-pode-virar-crime. Acesso em: 17 out. 2019.

Downloads

Publicado

2021-02-07

Como Citar

DUARTE, C. dos S.; QUEIROZ, F. K. do N. .; RODRIGUES, K. dos S.; SOUZA, O. S. de; MINGUINS, W. G.; YAMAGUCHI, H. K. de L. ABANDONO DE ANIMAIS NO BRASIL: CONSEQUÊNCIAS GERADAS Á SOCIEDADE. Revista Ensino, Saúde e Biotecnologia da Amazônia, [S. l.], v. 2, n. esp., p. 56–59, 2021. Disponível em: //periodicos.ufam.edu.br/index.php/resbam/article/view/6615. Acesso em: 23 jul. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)