Avaliação e diagnóstico do estado nutricional de grávida adolescente atendida na unidade básica de saúde Chico enfermeiro na cidade de Coari – AM

Autores

  • Suleima Costa Queiroz Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Karina Rodrigues Silva Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Jairiane Lopes Azevedo Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM
  • Luziane Lima Pereira Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Campus Coari, Coari – AM

Resumo

Introdução: O estado nutricional dos indivíduos é influenciado pela relação de inúmeros fatores, os quais podemos citar: os hábitos alimentares, idade, crenças, cultura, comportamento, status socioeconômico. Esses fatores podem comprometer o estado físico e mental principalmente durante a infância e adolescência (LOPES et al, 2015). A avaliação do estado nutricional representa uma ferramenta fundamental para o acompanhamento adequado no desenvolvimento dos indivíduos, uma vez que é um dos indicadores de saúde e risco nutricional, podendo assim intervir em uma situação desfavorável a saúde deste indivíduo. Objetivos: Diagnosticar o estado nutricional de uma grávida adolescente atendida na Unidade Básica de Saúde Chico Enfermeiro da Cidade de Coaria/AM. Orientar quanto a alimentação saudável. Analisar os fatores envolvidos com a qualidade da alimentação. Metodologia: Trata-se de um estudo de caso, realizado no mês de julho de 2017, na Unidade Básica de Saúde Chico Enfermeiro, como parte prática da disciplina Fisiopatologia e Dietoterapia Materno-Infantil. Os dados coletados foram inerentes as condições socioeconômicas e aplicados os indicadores antropométricos peso atual, estatura e peso pré-gestacional dos quais avaliou-se o estado nutricional pelos índices de massa corporal de acordo com o gráfico de avaliação do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (SISVAM, 2011) para grávida adolescente. Os materiais utilizados nos parâmetros antropométricos foram: balança portátil digital e estadiômetro para obter o peso e a estatura. Na entrevista com a grávida, utilizou-se um formulário contendo perguntas de natureza aberta e fechada. Para investigar os determinantes do EN gestacional, utilizou-se o questionário de frequência alimentar e recordatório 24 horas. Resultados: O estudo de caso obteve-se resultado, dentre os quais segundo avaliação com o IMC pré-gestacional de 18,2 kg m², paciente encontra-se com baixo peso. Segundo o Questionário de frequência Alimentar (QFA) associado a análise do Recordatório 24 horas, constou-se que a paciente ingere aproximadamente 1475 kcal/dia, fracionada em 3 refeições ao dia. Com isso a mesma encontra-se com o consumo inadequado de macro e micronutrientes devido a baixa ingestão de carboidratos correspondendo a 274,2 g/dia sendo, em sua maioria, carboidratos simples, ingere baixo consumo de fibras com 10,4 g/dia e proteínas correspondendo a 36,1 g/dia. A paciente consume altas concentrações de gorduras correspondendo a 27,4 g/dia sendo em sua maioria saturadas. Quanto aos micronutrientes, a paciente ingere quantidades insuficientes, sendo o consumo de vitamina A cerca de 118,6 mg/dia, Vitamina C 88 mg/dia, Zinco 1,2 mg/dia, Ferro 12,2 mg/dia, Cálcio 457,8 mg/dia, Vitamina E 0 mg/dia, B12 0 µg/dia, Folato 0 µg/dia, pois a mesma consome baixa quantidade de verduras, legumes e frutas. Fatores estes caracterizado como uma alimentação inadequada, contribuindo para um estado nutricional de risco, podendo ser irreversível na maioria das vezes. Conclusões: Portanto, a qualidade de vida da referida adolescente grávida está vulneravelmente comprometida em decorrência de diversos fatores, como a infraestrutura local, a baixa renda, baixo consumo de alimentos nutritivos. Daí é importante observar a qualidade da alimentação atualmente dessa grávida, podendo refletir futuramente em grávidas vulneráveis a determinadas patologias, especificamente as doenças crônicas não transmissíveis, como também refletir no estado de saúde de recém-nascidos.

Downloads

Publicado

2019-06-27

Como Citar

QUEIROZ, S. C.; SILVA, K. R.; AZEVEDO, J. L.; PEREIRA, L. L. Avaliação e diagnóstico do estado nutricional de grávida adolescente atendida na unidade básica de saúde Chico enfermeiro na cidade de Coari – AM. Revista Ensino, Saúde e Biotecnologia da Amazônia, [S. l.], v. 1, n. especial, p. 1, 2019. Disponível em: //periodicos.ufam.edu.br/index.php/resbam/article/view/5700. Acesso em: 29 jan. 2023.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)