O Centro de Treinamento para Professores de Ciências do Estado da Guanabara:

concepções e modelos para a formação e a profissão docente (1965 – 1975)

Resumo

O presente artigo focaliza uma instituição educacional fundada para a formação continuada de professores de disciplinas científicas escolares, o Centro de Treinamento para Professores de Ciências do Estado da Guanabara (Cecigua). Acionando informações e reflexões originadas de uma pesquisa que permeia os campos da História da Educação e do Currículo, os objetivos deste texto são explorar e analisar as concepções, os processos e os modelos formativos elaborados e disseminados no Cecigua, bem como situar os principais sujeitos que atuaram na construção e consolidação deste espaço formativo. Investe-se no debate sobre o diálogo que o Cecigua produziu com o “Movimento de Renovação do Ensino de Ciências”. Este se caracterizou como um conjunto de discursos e ações que promoveram fortes inovações curriculares para as disciplinas científicas escolares e induziram novos padrões para a formação e a profissão docente nas décadas de 1960 e 1970. Reportagens que circularam na imprensa não pedagógica e documentos do acervo do Memorial do Ensino de Ciências foram cotejados como principais fontes históricas neste estudo. Campos (2012) e Luca (2008) forneceram subsídio metodológico para o trabalho com os periódicos, enquanto Vieira, Peixoto e Khoury (2000) balizaram a análise documental em perspectiva histórica. Por fim, pondera-se que as atividades desenvolvidas no Cecigua contribuíram de modo decisivo para o fortalecimento de abordagens didáticas experimentais ancoradas a um dado método científico, enquanto simultaneamente ofereciam outras possibilidades formativas, relacionadas a diferentes tradições curriculares.

 

Palavras-chave: História da Educação; Currículo; Ensino de Ciências.

 

NOTA DE DESAGRAVO

Os autores do artigo “O Centro de Treinamento para Professores de Ciências do Estado da Guanabara: concepções e modelos para a formação e a profissão docente (1965 – 1975)” e a Revista Amazonida (UFAM) vêm a público manifestar seu reconhecimento às inestimáveis contribuições oferecidas pelo professor José Lobo Junqueira no âmbito da Educação em Ciências, notadamente no cenário carioca e fluminense ao longo do século XX. Ressalta-se ainda que uma nova versão do texto foi publicada para preservar a reputação do docente, indubitavelmente notória, e atendendo à exigência de sua única filha, senhora Kátia Valverde Junqueira, a fim de que nenhum tipo de interpretação do texto que possa depreciar a ilibada atuação do referido professor ou macular sua memória seja viabilizada. Diante disso, a autoria e a revista pedem desculpas aos familiares do mesmo por quaisquer dificuldades de redação do texto outrora disponibilizado que possam ter permitido uma compreensão equivocada sobre o trabalho do professor José Lobo Junqueira, apesar de todos os cuidados teórico-metodológicos exercitados na pesquisa acadêmica e na elaboração do manuscrito, bem como da seriedade no trabalho de avaliação às cegas pelos pares e de revisão do artigo antes de sua publicação.

Biografia do Autor

Rodrigo Cerqueira do Nascimento Borba, Universidade Federal Fluminense – UFF

Doutorando em Educação na Universidade Federal Fluminense. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pesquisador associado ao Grupo de Pesquisa Currículo, Docência e Cultura (CDC/UFF/CNPq).

Sandra Escovedo Selles, Universidade Federal Fluminense – UFF

Doutora em Science Education pela University of East Anglia. Professora titular da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal Fluminense. Membro do CA-Ed e bolsista 1-C de Produtividade no CNPq. Cientista do Nosso Estado pela FAPERJ.

Publicado
2020-07-09
Como Citar
Borba, R. C. do N., & Escovedo Selles, S. (2020). O Centro de Treinamento para Professores de Ciências do Estado da Guanabara:: concepções e modelos para a formação e a profissão docente (1965 – 1975). Revista Amazônida: Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Educação Da Universidade Federal Do Amazonas, 1(01), 59-83. https://doi.org/10.29280/rappge.v1i01.7866