EJA EM DEBATE: REFLEXÕES SOBRE O PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

  • Silmara de Campos
  • Lívia Maria Antongiovanni

Resumo

Este artigo tem como objetivo fazer uma breve revisão das intenções e ações no campo das políticas públicas educacionais, refletindo sobre algumas questões que envolvem a Educação de Jovens e Adultos no Brasil. Para tanto analisamos as metas do Plano Nacional de Educação e o Plano Municipal de Educação de São Paulo. Apontamos para as tensões entre o Poder Público e a Sociedade Civil no que tange aos projetos de sociedade e as finalidades da Educação. Defendemos que é papel do Poder Público viabilizar o acesso e a permanência das educandas e educandos na Educação Básica, mediante ações efetivas e integradas, dialogando com os movimentos sociais na propositura destas políticas públicas. Destacamos a relevância das contribuições de Paulo Freire no que se refere às referências da Educação Popular e a Educação de Jovens e Adultos.

Referências

BRASIL. Plano Nacional de Educação 2014-2024: Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, que aprova o Plano Nacional de Educação (PNE) e dá outras providências. – Brasília : Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2014. Disponível em: . Acesso em: 28 maI. 2017.

________. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e Adultos. Parecer CNE/CEB n. 11/2000. Relator Conselheiro Carlos Roberto Jamil Cury. Brasília, DF: MEC/ CNE, 2000.

________. Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em 5 de outubro de 1988. Brasília, 1988.

________.. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Brasília, 1996.

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE A EDUCAÇÃO DE ADULTOS – CONFINTEA: V, 1997: Hamburgo, Alemanha. Declaração de Hamburgo: agenda para o futuro. Brasília: SESI/UNESCO, 1999.

FREIRE, Paulo. Professora sim, tia não: cartas a quem ousa ensinar. 8ª. ed.. São Paulo: Editora Olho d’Água, 1997.

________. Política e Educação. 2ª. ed.. São Paulo: Cortez, 1995.

SÃO PAULO (Estado) Plano Estadual de Educação: Projeto de Lei nº 1.083/2015.

_________. (Cidade) Plano Municipal de Educação: Lei nº 16.271/2015.

SANTOS, Boaventura de Sousa, Pela Mão de Alice: o social e o político na pós-modernidade, 3ª. ed. Porto: Edições Afrontamento, 1994.

Publicado
2017-07-27