O ANONIMATO DO VISCONDE DO RIO GRANDE

  • Felipe Yann Gonçalves Universidade de São Paulo

Resumo

A obra da Ciência Brasileira oitocentista, O Fim da Creação ou a Natureza Interpretada pelo senso commum (1875) não é atribuída à autor algum em sua edição original. Entretanto, nomes renomados como Silvio Romero e Augusto Blake apontam com convicção que o autor dessa obra seria o Visconde do Rio Grande, José de Araújo Ribeiro. O intuito deste artigo é elaborar hipóteses e, possivelmente, lançar de luz sobre o suposto anonimato do senador Araújo Ribeiro, a recepção da obra e do Darwinismo no Brasil.

Publicado
2020-08-28